João Bidu

Como manter-se no bem
Liggia Ramos
Como manter-se no bem

Você já reparou como a reclamação vicia? Como é fácil ficar na decepção e achar desculpas ou justificativas para tudo? Pois bem, a maioria das pessoas que vivem sob essa ótica da vida não se dão conta do malefício que é ter uma vida assim. O que vou falar aqui é fazer você partir para ação, sair de uma vez por todas dos altos e baixos emoções e de uma vida de insatisfações. 

Há um músculo chamado força de vontade. É falado assim porque é equiparado a um músculo do nosso corpo que precisa ser exercitado para ganhar força e resistência e sustentar o corpo. Se não somos adeptos aos exercícios físicos tendemos a encurtar as funções do organismo e damos margem às doenças. Se nos exercitamos, protegemos o corpo e prolongamos a vida por mais alguns anos.

A mesma coisa acontece com o manter-se bem na vida. É preciso querer não estar mais na reclamação e no desânimo. E isso requer decisão e assumir a responsabilidade de não mais se abalar com qualquer coisa. É lógico que existem acontecimentos muito ruins como o falecimento de uma pessoa querida. Dói muito. Mas, até pra momentos como esse, é preciso levantar a cabeça e seguir em frente. Entender que a perda faz parte da nossa vida porque tudo tem seu ciclo de nascimento, vivência e falecimento. 

Tirando situações como essa, se você deseja ser mais feliz, ter paz e alegria é preciso exercitar a sua força de vontade para constantemente vibrar nessa sintonia em conexão com o Todo ou Deus.

Sabe por que o mal existe? Porque ele persiste! Isso mesmo. O mal é a ausência do bem. Numa visão espiritualista, existem seres da luz e os seres das sombras e estes, ou não conhecem a luz ou a rejeitam se comprazendo da dor e do sofrimento alheio.

Agora te pergunto: a quem você acha que estará agradando se levar uma vida de reclamações e tristeza? A quem você estará alimentando e trazendo pra sua vida? Pessoas do bem e seres de luz ou o contrário?

Consegue perceber o quão profunda e importante essa reflexão está trazendo para você? Posso lhe garantir que é uma reflexão de luz!

Por isso amado leitor(a), independentemente de como a sua vida está, quero lhe dizer que vale mais a pena nos dedicar a todo instante para vibrar no bem e no amor e ainda, ter compaixão daqueles que fazem mal a si mesmo e a outros. 

Você viu?

Tenha força de vontade e persevere no bem.

TEXTO:  Liggia Ramos | Numeroterapeuta e Taróloga 

INSTAGRAM: @liggiaramos

LEIA TAMBÉM: 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários