João Bidu

undefined
Lu Fernandes
O poder transformador da Gratidão

O hábito de agradecer faz com que as pessoas valorizem seus acertos, direcionem a suas frequências para uma alta vibração em alinhamento com a alegria e a aceitação dos detalhes do cotidiano, uma vez que são capazes de colocar seu foco nos acontecimentos positivos do dia a dia. Quando vamos desenvolvendo a capacidade de se sentir grato pelas coisas que acontecem em nossa vida, deixamos de condicionar nossa felicidade e bem-estar a acontecimentos específicos, passando a ter expectativas positivas a respeito da vida como um todo.

A gratidão funciona como uma espécie de reprogramação da nossa mente e energia, ressignificando nosso olhar e nossas emoções consideradas negativas, como exemplo medo, frustração e decepção, e forma que lidamos com as nossas conquistas. O ato de agradecer e de aplicar práticas de gratidão nos conecta com a nossa história, com o que temos de mais valioso em nós, com nossos valores individuais e com tudo que conquistamos no nosso dia-a-dia, além de nos ajudar a reprogramar a nossa mente para a valorização do positivo, mesmo em situações possivelmente “negativas”.

A neurociência comprova  que a felicidade está diretamente relacionada com a gratidão, quando exercitamos nas práticas e nos colocamos no estado de gratidão, registramos positivamente essas emoções em nosso sistema límbico, responsável pela nossa sobrevivência  e frequências emocional,  e elevamos a nossa auto-estima, desenvolvemos a resiliência, curamos nosso ego e ativamos nosso sistema de recompensa, auto valor e merecimento em nosso cérebro, trazendo uma sensação de realização, coragem e bem-estar. 

Dessa forma, o cérebro entende que algo positivo está acontecendo e libera dopamina, um neurotransmissor que é responsável pela sensação de prazer. 

A dopamina é a substância que nos traz a motivação para irmos em busca de nossas metas e sonhos. Ela funciona como um ciclo de realização, onde quanto mais a pessoa se sente feliz e realizada, mais seu organismo sente a necessidade de realizar outras metas. E quanto mais esse processo é reforçado e exercitado, mais mudanças positivas e prosperidade você vai trazendo para sua vida.

Claro que quando convidamos a pessoa a entrar nessa freqüência, não estamos dizendo que ela deve ignorar os aspectos que precisam ser trabalhados e melhorados na sua vida, ao mesmo tempo em que é preciso ser grato, também é fundamental estar consciente da constante evolução e desenvolvimento pessoal da nossa vida.

Inúmeras práticas nos ajudam a entrarmos nessa freqüência e mantermos o nosso nível de dopamina elevado. Seguem algumas delas:

 - Exercite seu pensamento focando na conquista, vigiando frases do tipo “eu não sou capaz”, “eu não consigo” ou “eu não mereço”. Quando se ver nessa situação, pense ao contrário, “eu posso”, “eu consigo” ou “eu mereço”. Não importa se ainda não sabe bem o caminho, mas traga a certeza de que o encontrará e seja grato por essa oportunidade de aprendizagem, fortalecimento e evolução

Pratique meditações para a gratidão

Faça um diário ou a caixinha da gratidão e vai depositando ou registrando todo dia uma gratidão. Seja grato a tudo ao seu redor, mesmo as dificuldades. Ex. Seja grato pela sua casa, mesmo que não seja do jeito que gostaria, mas é ela que acolhe. Seja grato as suas contas e dívidas, elas representam conquistas, crescimento e possibilidades de acesso a algo importante para você

Seja gentil com você mesmo, com as suas vontades, com os seus valores e se conecte com a sua história, não importa qual ela seja: é a sua história

E pratique mais ações e atividades que te façam bem e elevem seu astral e sua energia.

O uso dos óleos essenciais te ajudarão a ativar a dopamina e despertar essa expressão da gratidão. Dicas de alguns óleos:

OEs Bergamota, Limão e Laranja Doce - Esses óleos estão entre os mais pesquisados cientificamente por seus efeitos positivos sobre o humor. Estudos indicam que seu uso aromático faz com que o cérebro aumente a liberação de dopamina e serotonina, eliminando estados  depressivos, de ansiedade e outros transtornos do humor que nos colocam em estados de bloqueio e baixa freqüência. 

OE de Copaíba - Além de aumentar nossa imunidade, esse óleo nos traz força, vitalidade, profundidade, nos dá suporte e fortalecendo para nossas bases.

OE de Rosas - Eleva nosso freqüência, equilibrando todos os Chakras e nos colocando no estado mais puro de amor e gratidão. Além disso esse óleo nos leva ao processo de aceitação e perdão, eleva nossa auto-estima e nos coloca na freqüência da atração. 

OE Sálvia Esclaréia: Este óleo traz equilíbrio e aumenta os níveis de dopamina e serotonina, pensa-se que esse efeito explica sua notável ação antidepressiva

OE de Ylang ylang - A delicadeza dessa linda flor, nos traz alegria  nos coloca em contato com o outro e com a vida, trazendo movimento, proximidade, atração, elevando a nossa vibração. 

Pratique a gratidão e transformações incríveis acontecerão na sua vida.

Namastê!

TEXTO:  Lu Fernandes | Terapeuta holística, aromaterapeuta, estudiosa do ocultismo e práticas espirituais, Sacerdotisa na Magia Natural e Guardiã nos Círculos de Mulheres.

INSTAGRAM: @terapeutamagica

LEIA TAMBÉM:  

Afastando as energias negativas com Óleos Essenciais

Como amenizar a dor das perdas com os óleos essenciais

  • Óleos essenciais e os arquétipos das Deusas
    • Veja Também

      Mais Recentes

        Mostrar mais

        Comentários