João Bidu

undefined
Ana Melo
Ansiedade de fim de ano: veja formas para aliviar os sintomas

Final de ano chegando e as cobranças também. É fim de semestre na faculdade, ultimo bimestre nas escolas, fechamento anual no trabalho e toda a típica correria de novembro e dezembro. Além disso, é a época que mais nos cobramos pela metas que não conseguimos alcançar definimos lá no ínicio do ano. 

Toda aquela cobrança pelo que precisamos fazer e o que deixamos de fazer por vários motivos, até mesmo, porque uma pandemia global abalou os planos de muitas pessoas. Esses sentimentos podem rolar, mas saiba que são normais e que temos algumas maneiras de aliviar esses momentos angustiantes. 

É importante dizer que a ansiedade é uma condição normal do ser humano, seja pela preocupação intensa, respiração mais rápida, sudorese, dificuldade para dormir e receios de situações futuras, entretanto, existem os casos mais graves como transtornos de ansiedade entre outros transtornos mentais, por isso, é sempre bom ressaltar que o acompanhamento de um profissional da saúde nesses casos é indispensável.

Veja algumas dicas de hábitos que ajudam aliviar os sintomas da ansiedade e coloque-os em prática para uma vida mais saudável. 

Boa alimentação

Mesmo sendo bem clichê, é o que faz a diferença, acredite! Uma boa alimentação pode aumentar o bem-estar de seu corpo, trazer mais disposição e muitos benefícios para o cabelo, pele e unhas. Se o corpo está em desequilíbrio, a mente também estará. Faça escolhas mais saudáveis no dia a dia e depois se recompense com algumas gostosuras. Não precisa se privar de comer nada, mas dê preferência para alimentos mais saudáveis e use os outros alimentos para recompensas no final de semana por ter cumprido as suas metas. Servirá como um ótimo incentivo!

Pratique exercícios

Exercitar o corpo ajuda a liberar hormônios de prazer e felicidade. Pratique algum esporte, arte marcial, yoga, caminhada, dança ou faça simples exercícios dentro de casa mesmo. O importante é que você se movimente e gaste energia em algo que te faz bem, ocupar a mente por uns minutinhos e, ainda, ajuda a resolver esses problemas de dores no corpo que surgiram no período de quarentena de tanto ficarmos sentados e deitados. Aposto que o corpo está todo travado, não é mesmo?!

Meditação guiada

Uma prática muito comentada ultimamente é a meditação, a meditação nos ajuda com exercícios de respiração, sentir mais a fundo nossos corpos e ainda conseguimos algumas respostas do nosso eu-interior. Existem diversos aplicativos e vídeos no YouTube com meditações guiadas sobre diversas temáticas, e elas são perfeitas para quem é iniciante e não está familiarizado com técnica tradicional. Tente por uns 10 minutinhos por dia ou dias intercalados, e veja depois como isso melhora seu humor e ajuda a colocar os pensamentos em ordem. 

Planejamento

O causador principal da ansiedade é o pensamento de tudo que temos que realizar, só que, não adianta pensar em todas as tarefas que você precisa executar se não colocá-las no papel e fazer um planejamento. Separe as tarefas por prioridade, defina data e tempo médio para executar cada uma delas e distribua na sua agenda de forma que você possa terminar sem pressa. Precisamos colocar tudo no papel para ter uma noção geral do que precisamos fazer e ter a ideia da melhor forma de realizar elas na prática. E, também, é importante dizer para não se cobrar quando não conseguir fazer todas as tarefas do dia, nem sempre estamos bem e imprevistos acontecem, então, está tudo bem se não conseguir fazer todas, se fez uma tarefa só, considere-a como um grande passo. 

Boas noites de sono

Deitar na cama e pensar em como vai ser o dia seguinte nos tira o sono e ficamos lá, imaginando milhões de possibilidades, por isso, a dica do planejamento cai super bem aqui também. Reserve um tempinho antes de dormir e faça uma simples lista do que você quer e precisa fazer no dia seguinte. Evite café e chás que contenham algum teor de cafeína como chá mate e chá preto, dê preferência para chá de camomila e suco de maracujá para ter um sono mais tranquilo. A última dica é evitar o celular quando estiver indo dormir, o fluxo de informação que recebemos deixa o nosso cérebro mais agitado e acabamos perdendo muito tempo olhando feed de rede social.

Reserve um tempo para lazer 

Nem tudo é sobre produtividade e resultado, se você não descansar, o seu rendimento no trabalho ou nos estudos não serão satisfatórios. Descanse, tire um tempo para cuidar de si, faça algo que goste e, o mais importante, desative as notificações do seu celular! Não deixe que outros assuntos atrapalhe seu horário de descanso. Faça algo especial com a família, tente maratonar aquela série nova que saiu, jogue online com os amigos ou simplesmente durma e não faça nada nesse tempinho para recarregar a bateria em 100%. Mente cheia é oficina do esgotamento mental e ninguém quer chegar ao ponto de ter um burnout , então descanse e relaxe! 

LEIA TAMBÉM:

Desenvolva autoliderança aplicando astrologia

Veja como é possível se renovar por meio de banhos de ervas

Como sentir-se pleno na vida

    Veja Também

      Mostrar mais