Tamanho do texto

Manoela Gonçalves, da Casa das Crioulas, em São Paulo, arma encontro de minas incluindo troca de roupas

Já pensou em encontrar outras mulheres e trocar roupa? Aquelas peças que você perdeu porque ganhou uns quilinhos, emagreceu ou não gosta mais podem agradar outras minas. Seguindo o lema "menos é mais", que tal desapegar e deixar a vida fluir?

Manoela Gonçalves, da Casa das Crioulas
Arquivo pessoal
Manoela Gonçalves, da Casa das Crioulas

Onde e quando

"Pensando nisso, e na minha ansiedade de ver a casa cheia de mulheres desapegadas, fiz este evento. querendo muito que todas vocês cheguem! Um encontro de mina para manas", explica Manoela Gonçalves, criadora da Casa das Crioulas, em São Paulo. O espaço abre as portas para seu primeiro bazar no sábado (2), a partir das 11h.

Como chegar à Casa das Crioulas, em São Paulo
Reprodução/Facebook
Como chegar à Casa das Crioulas, em São Paulo


Ganha-ganha

"Chegou a hora de reunir as manas e fazer um lindo dia de trocas. Estou bem cansada das roupas e itens que tenho em meu guarda-roupa. E para ficar tudo certinho resolvi criar este evento para que seja uma relação GANHA-GANHA! Então, tragam suas roupas, itens, sapatos e venham trocar na Casa das Crioulas", reforça ela.

Bora desapegar!

+ #MinaRespeiteasMinas propõe mais solidariedade entre as mulheres; topa?

Pode crer!
Reprodução/Facebook
Pode crer!


+ "Era condicionada a ser mais uma mulher submissa que acatava o que diziam"

Ajude a casa

A casa autossustentável sempr busca investimento e parceiros. O ponta pé inicial é a campanha aberta ao público "#maesautonomas", que está arrecadando doações. A meta é alcançar R$ 35.843. 

Veja o vídeo da campanha #maesautonomas e ajude a causa

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.