Tamanho do texto

Internautas questionaram sobre o conteúdo machista de frase estampada em camiseta da Forever 21

Uma camiseta destinada ao público masculino está gerando polêmica nas redes sociais. A peça da Forever 21 à venda no site da marca onde se lê a frase “não diga talvez se você quer dizer não“ sofreu retaliação na internet.

+ Lembra dele? 9 anos depois, o que aconteceu com garoto que virou meme?

Internautas questionaram sobre o conteúdo machista da frase e disseram que a declaração só faz enaltecer a “cultura do estupro”.

Camiseta gera revolta na web
Reprodução/Twitter
Camiseta gera revolta na web

Foram tantos protestos na web e comentários negativos em relação à t-shirt masculina que a marca decidiu tirar o produto da loja virtual.

“Que tal se a gente não perpetuar a cultura do estupro com a camiseta ‘não diga talvez se você quer dizer não’ de 19,99 dólares. Por que isso seria uma boa ideia?“, escreveu uma internauta.

+ Flare cropped: o jeans fashionista

"A Forever 21 lançou uma camiseta que sugere que as vítimas são culpadas pelo estupro", opinou outro.

O que você pensa sobre a declaração estampada na peça?

Dê sua opinião na enquete abaixo.

+ Juíza pergunta a vítima de estupro se ela "tentou fechar as pernas"




Enquanto isso, as mensagens femininas...

Frases como "Bons sapatos te levam a bons lugares", "Apenas um outro dia de não ser rica e famosa", "Sorria, fica bem em você" e "Prefiro estar em Ibiza" são algumas das estampas de camisetas femininas e posts das redes sociais da marca.

Camisetas femininas
Reprodução/Forever 21
Camisetas femininas


Veja mais camisetas polêmicas a seguir:

Depressão como palavra fashion na roupa da Urban Outfitters

Depressão é doença, não é frase fashion, contestaram internautas
Reprodução
Depressão é doença, não é frase fashion, contestaram internautas


A palavra "escravo" em inglês e o modelo negro geraram muita revolta

A camiseta da Wasted Heroes com a palavra 'escravo'
Reprodução
A camiseta da Wasted Heroes com a palavra 'escravo'



Zara recolhe roupa infantil que lembra uniforme de campo de concentração

Reprodução do site israelense Haaretz: para a publicação, roupa da Zara é uma
Reprodução/Haaretz


Just Add a Kid colocou rosto de criança negra em camiseta de macaco

Internautas acusaram marca de roupas infantis de racismo e a empresa recolheu o produto
Reprodução