Tamanho do texto

Acessórios têm como objetivo um discurso feminista que evidencia a desigualdade de gênero

Recentemente, a designer norte-americana Rachel Feinberg criou a "Poussy Pouch", uma bolsa em forma de vagina, que tem como o objetivo apontar a desigualdade de gênero que ainda existe.

A 'Pussy Pouch' custa em torno de R$ 600,00 e já foi usada por famosos como Beyoncé
Reprodução
A 'Pussy Pouch' custa em torno de R$ 600,00 e já foi usada por famosos como Beyoncé


A ideia de criação da bolsa surgiu quando Rachel estava no metrô de Nova York e percebeu que todas as mulheres estavam sentadas com as pernas cruzadas, enquanto os homens ficavam de perna aberta, ocupando mais espaço do que deveriam. Então, ela resolveu chamar atenção para essa diferença em um processo criativo que deu origem às bolsas. 

Existem outros acessórios e roupas, além da bolsa criada por Rachel Feinberg, que mostram o órgão sexual feminino numa tentativa de torná-lo algo natural, que não precisa ser escondido.

Capinha de celular

As capinhas para celular são da loja americana Ampule, podem ser compradas online e custam em torno de R$ 100,00
Reprodução
As capinhas para celular são da loja americana Ampule, podem ser compradas online e custam em torno de R$ 100,00


Colar

O colar é da marca SanguinemLibidine e custa R$ 30,00
Reprodução
O colar é da marca SanguinemLibidine e custa R$ 30,00


Blusa

A blusa da Kaibrina custa R$ 75,00 e é também um ensinamento sobre as partes do corpo
Reprodução
A blusa da Kaibrina custa R$ 75,00 e é também um ensinamento sobre as partes do corpo


Broche

Os broches ou pins da Scarlet Tentacle custam em torno de R$ 22,00
Reprodução
Os broches ou pins da Scarlet Tentacle custam em torno de R$ 22,00


Você usaria alguma dessas peças?



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.