Tamanho do texto

Criatividade é o que não falta para os estilistas nas locações dos desfiles da semana de moda de Londres

Criatividade é o que não falta para os estilistas quando o assunto é escolher as locações dos desfiles da 62° edição de Semana de Londres, que termina na terça-feira (22).


Além da mudança do local oficial esta temporada, passando da tradicional Somerset House para um estacionamento de vários andares no badalado bairro Soho, o evento também exige muita disposição dos fashionistas e visitantes para acompanhar as diversas apresentações espalhadas por locais históricos da cidade.

Moda na rua

Paul Costelloe desfilou sua coleção primavera-verão 2016 tendo como pano de fundo um dos salões do Café Royal, situado em um prédio do século XIX na famosa Regent Street. Já a estilista canadense Edeline Lee, assim como outros designers, optou pela galeria de arte Elms Lesters Painting Rooms para exibir suas novas criações.

A lista não pára por aí, passando por fábricas abandonadas a espaço de eventos, centro de conferência e casa de shows.

*Patricia Dantas, jornalista, direto de Londres

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.