Tamanho do texto

Organização norte-americana dá dicas para saber se os brinquedos dos bebês e das crianças menores são seguros

A hora de brincar deve ser uma diversão não só para os bebês e para as crianças menores, mas também para os pais.

O Home Safety Council , organização norte-americana dedicada à prevenção de acidentes domésticos, recomenda aos pais checar todos os brinquedos com frequência e garantir que eles são seguros e apropriados para a idade da criança. Eles explicam como fazer isso:

  1.  Use um rolo vazio de papel higiênico para verificar se o tamanho do brinquedo é adequado. Se ele passa pelo rolo, oferece risco de asfixia, pois é pequeno o suficiente para que a criança o coloque na boca.
  2. Inspecione os brinquedos periodicamente para verificar se eles não têm partes soltas ou quebradas. 

  3. Examine cuidadosamente a casa em busca de brinquedos pequenos ou partes menores, que podem representar risco de asfixia. 

  4. Guarde brinquedos e jogos destinados às crianças maiores fora do alcance dos pequenos.

  5. Evite brinquedos com cordas ou fios que podem se enrolar na criança. 

  6. Observe na embalagem se o brinquedo é testado por associações de segurança. 

  7. Não deixe as crianças menores brincarem com peças motorizadas ou elétricas. 

  8. Jogue as embalagens dos brinquedos fora assim que possível.

Leia também: crianças que brincam em grandes espaços, com pais menos superprotetores, se desenvolvem melhor