100 Brincadeiras

LOBISOMEM

LOBISOMEM
Faixa etária Acima de 8 anos
Local Praça, Salão de Festas, Parque, Dentro de casa
Estimular Atenção, Estratégia, Linguagem argumentativa, Criatividade
Participantes 6+
Material Lápis e papel

Como brincar

A brincadeira narra a história dos habitantes de um vilarejo que é atacado por um lobisomem. A cada noite o lobisomem faz uma vítima e, durante o dia, os habitantes argumentam para tentar descobrir quem é o lobisomem.

Para jogar, um dos participantes deve ficar de fora: ele será o narrador. Corte pedaços de papel em quantidade correspondente ao número de jogadores e em apenas um deles escreva a palavra lobisomem. Nos outros escreva “aldeão”. Sorteiam-se os papéis e ninguém revela o que tirou.

O narrador começa: “A noite chegou na vila e os aldeões vão para casa dormir”. Todos fecham os olhos,  menos o lobisomem. “O lobisomem está à solta e faz uma vítima”, diz o narrador. O lobisomem aponta para o narrador, sem falar nada, quem será eliminado.

Depois o narrador fala: “A manhã chegou, os aldeões acordam, menos fulano (nome da pessoa que morreu)”. Os aldeões então fazem a votação para dizer quem eles acham que é o lobisomem. Quem for escolhido deve revelar se era um inocente, o que dará procedimento ao jogo, ou se realmente era o lobisomem, o que garante a vitória aos moradores da vila.

Dica: adicione novos personagens e estimule o narrador a incrementar sua narrativa.

Esta brincadeira também se chama...

A Cidade dorme, Máfia