Tamanho do texto

Mãe compartilha fotos da filha com roupas diferentes e é acusada por internautas de sexualizar a pequena

A escocesa Amy McIndewar, de 20 anos, criou uma conta no Instagram para sua filha de apenas 11 meses, Mya Byrne. Amy compartilha fotos do bebê em com várias roupas diferentes.

Amy e a filha Mya, de 11 meses
Reprodução/Daily Mail
Amy e a filha Mya, de 11 meses

Com mais de 120 mil seguidores, a pequena Mya virou um sucesso fashion. Entretanto, entre diversos comentários elogiando a pequena, alguns seguidores afirmam que a mãe está sexualizando o bebê ao expô-la nas redes sociais. Nas imagens, Mya veste roupas com estilo de super produção e também aparece de biquíni ou de barriga de fora. 

Amy gasta cerca de £1.000 (aproximadamente R$ 5.075) mensalmente com roupas para a filha e não acha que esteja sexualizando a pequena.

“Eu sou muito orgulhosa dela, amo ver todos os comentários sobre ela no Instagram. Ela é fashion, mas ainda é só um bebê. Acho que ela fica fofa e não é nada demais”, diz a mãe ao jornal "Daily Mail". Ela ainda afirma ter um comentário negativo no meio de centenas de positivos. 

Com a fama, Amy e Mya estão recebendo caixas e caixas de roupas que marcas enviam para a pequena usar.

Veja mais fotos de Mya:


E você acredita que Amy está sexualizando a filha? Responda na enquete abaixo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.