Tamanho do texto

O americano Patrick chorou ao descobrir que algumas pessoas não tinham casa e comida e decidiu iniciar uma campanha de doação: "Não quero que eles durmam em um papelão"

Com apenas três anos, o americano Patrick ouviu sua mãe falar sobre sem-tetos e fez várias perguntas. A mãe, Destinee McClung , que defende sempre contar a verdade para as crianças, explicou ao filho que existem pessoas que não tem onde morar, nem o que comer.

Patrick caiu no choro ao saber desta realidade. Destinee filmou a reação do pequeno e compartilhou em seu perfil no Facebook; veja o vídeo.

Today Patrick was asking some questions and I (fully believing in being honest with my children) ended up telling him that some people don't have food or homes. He asked some specific questions like "where do they sleep?" and "what do they eat?" After I explained to him, he sat and sobbed and told me he didn't want to have Christmas if other people don't even have houses. He didn't calm down for over 30 minutes til his Grandma (Bobbi) promised to help him bring homeless people food. I could learn a lot from this 3 year old. If each of us had a heart this big, we wouldn't have these problems. Some day this kid is going to change the world...

Posted by Destinee McClung on Segunda, 26 de outubro de 2015

"Eu não quero que eles durmam em um pedaço de papelão", diz Patrick chorando e soluçando.

Campanha de doação
"Depois de eu explicar para ele, Patrick chorou, soluçou e disse que não queria ter Natal em sua casa, se outras pessoas não tinham nem casas", contou a mãe na rede social.

O menino não se acalmou até que a avó prometesse a ele que iria ajudar a dar comida para as pessoas em situação de rua.

Patrick criou folhetos para arrecadação. Meias, brinquedos e lençóis estão entre os itens que ele pretende doar aos desabrigados
Reprodução/Facebook
Patrick criou folhetos para arrecadação. Meias, brinquedos e lençóis estão entre os itens que ele pretende doar aos desabrigados


E a campanha de doação realmente aconteceu. Eles espalharam caixas de doação pela cidade - Anchorage, no Alasca -, e Destinee até levou o pequeno em uma organização que oferece sopa aos desabrigados, para que ele entregasse a sobremesa.

Além disso, Patrick decidiu doar vários de seus brinquedos e roupas E também vendeu alguns pertences para arrecadar dinheiro e comprar meias e lençóis para os necessitados.

.
Reprodução/Facebook
.


"Eu aprendi muito com este menino de três anos de idade. Se cada um de nós tivesse um coração tão grande quanto o dele, não teríamos estes problemas. Algum dia essa criança vai mudar o mundo", diz a mãe orgulhosa no Facebook.

Leia também:
Menino de 2 anos faz emocionante despedida de seu melhor amigo, o lixeiro
Menino se emociona em despedida do peixinho de estimação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.