Tamanho do texto

Sueco buscou retratar as diferenças do tratamento dado às mulheres da Suécia e Tanzânia quando vão dar à luz

Moa Kalberg, um fotógrafo sueco, decidiu registrar de perto as expressões de mulheres suecas e da Tanzânia durante o trabalho de parto e na hora de dar à luz. Ele quis mostrar como o atendimento médico faz diferença neste momento.

.
Moa Karlberg
.


"Durante a vida, a maioria das mulheres do mundo dão à luz pelo menos uma criança. Apesar de todas passarem pelas mesmas fases fisicamenre, as condições externas são fundamentalmente diferentes", explicou o fotógrafo.

Ele conta que escolheu a Suécia por ter uma das menores taxas de mortalidade materna e a Tanzânia porque o risco de as mulheres morrerem no parto é cem vezes maior. Os dados justificam o nome do ensaio fotográfico "Hundred times the difference" (Cem vezes a diferença, em tradução livre).


Veja mais outras fotos do projeto de Moa Kalberg na galeria abaixo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.