Tamanho do texto

Dar refrigerante à criança escondido dos pais e achar que intolerância alimentar é frescura são alguns exemplos

É muito comum ter amigos ou familiares se intrometendo na maneira como a mãe cria o filho. No quesito alimentação, não é diferente. Não importa como é o tipo de refeição oferecida em casa, sempre há alguém disposto a dar palpite sem ser solicitado.

“Ele nunca tomou refrigerante? Coitado, deve passar vontade”, costumam ouvir as mães que optam por uma alimentação mais regrada. As mais permissivas também não são poupadas dos pitacos.  

Fabiola Marmo, mãe do Georges, de 3 anos, não coloca restrição na dieta do filho, que começou a comer doces com um ano e experimentou refrigerante com dois. Ela conta que a interferência dos familiares foi intensa no início. “Sofri muito com os parentes me questionando sobre o porquê de eu não insistir nos alimentos ou fazer determinadas comidas a ele. Se era para dar papinha industrializada, por exemplo, eu dava; se tinha sopinha feita, eu dava. Eu não me preocupava de uma forma radical com o que ele iria comer", diz ela. “Tive que me impor firmemente para a família parar.” 

Já Patricia Bacan é seletiva na alimentação do filho Caio, de 4 anos, e também recebe críticas por todo lado. Preocupada em oferecer alimentos saudáveis; salgadinhos, biscoitos doces, balas, chicletes e refrigerantes são vetados na alimentação do garoto. Patricia ouve de muitos que sua atitude é frescura. “Já deram refrigerante para ele sem que eu visse, propositalmente. E o mesmo aconteceu com a primeira vez que ele comeu chocolate”, lamenta.  

Nem mesmo os casos de intolerância alimentar estão livres de palpites e, o que é pior, de desrespeito às regras impostas dos pais, como lembra Fernanda Roit, mãe de Sofia, de 14 anos, e de Bento de 8. Quando a primogênita desmamou, Fernanda descobriu que a menina tinha intolerância digestiva a leite de vaca e vetou o alimento do cardápio. “Como não era alergia forte e era uma escolha diferente da deles, a família achava que era frescura. Eu virava as costas e davam sorvete na boca dela”, indigna-se.

Veja na galeria abaixo algumas intromissões na alimentação dos filhos que irritam as mães: