Tamanho do texto

Ação quer mostrar como definição do termo cigano no dicionário espanhol é discriminatória e pode propagar o preconceito; veja vídeo da campanha abaixo

A reação de crianças ciganas quando descobrem a definição da palavra "Cigano" na nova edição do Dicionário Espanhol RAE – Diccionario de la Real Academia Española é a base da campanha criada pelo Conselho Estatal do Povo Cigano para tentar romper estereótipos.

Reprodução/Youtube
"Uma definição discriminatória gera discriminação", argumenta campanha

No livro, a palavra "cigano" é definida como "trapaceiro: aquele que com astúcia, falsidade e mentiras engana alguém em um assunto". O que causa espanto e indignação nas crianças.  

Com diferentes fisionomias (há morenos, loiros, de olhos claros e escuros), as crianças de origem cigana que fazem parte do comercial  são estimuladas a falar sobre seus sonhos e prazeres, e depois, a buscar o significado da palavra "cigano" no dicionário. 

"Nós ciganos não fazemos isso", aponta uma delas. "Não gosto que digam isso no dicionário", reclama outra, em respostas claramente naturais ao se depararem com a dura realidade preconceituosa. 

No fim do vídeo todas aparecem segurando cartazes com a hashtag #YoNoSoyTrapacero e #YoNoSoyTrapacera ("Eu não sou trapaceiro" e "Eu não sou trapaceira").

Veja o vídeo completo da campanha abaixo:

Leia também:

Campanha ressalta a importância da prática do brincar

Desafio: Publicidade dirigida às crianças deve ser proibida? Assista ao debate

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.