Tamanho do texto

Além de estar intimamente ligado ao crescimento infantil, o sono também favorece o aprendizado na infância

O sono é importante para todos, mas para as crianças ele é fundamental. E quanto mais nova a criança, maior a quantidade de sono que ela precisa por dia, segundo Luciano Ribeiro, neurologista e membro da Associação Brasileira do Sono (ABS): “Se a gente imaginar o sono desde o nascimento, o recém-nascido dorme praticamente 24 horas por dia. Com o passar da idade, tem um redução progressiva do tempo total do sono”.

Falta de sono gera alterações no comportamento e pode refletir no rendimento escolar
Getty Images
Falta de sono gera alterações no comportamento e pode refletir no rendimento escolar


Além da diminuição do sono durante os primeiros anos ser um processo natural, o pneumologista do Serviço de Medicina do Sono do Hospital do Coração (HCor) Pedro Genta conta que o período de descanso está intimamente ligado ao crescimento e aprendizado da criança: “Ela precisa descansar para processar as novas informações”.

Por isso, a falta de sono gera alterações no comportamento e pode até mesmo refletir no rendimento escolar. Mas, além de dormir o tempo suficiente – que varia de acordo com a idade e com o metabolismo de cada um –, a qualidade do sono dos pequenos também precisa ser observada, principalmente pelo fato de que quando muito novas, as crianças não são capazes de verbalizar se tiveram ou não uma boa noite de sono.

>> Veja sinais de que seu filho pode não estar dormindo bem:



Para que a criança não sofra com os efeitos da falta sono, a recomendação principal é estar atenta a quantidade de horas que a criança dorme durante a noite.

“É importante que os pais respeitem o horário de sono da criança”, salienta Luciano sobre a vontade dos pais de que as crianças os acompanhem em atividades que ultrapassem a hora em que elas estão acostumadas a dormir. Ele ainda afirma que é importante manter um ritmo de sono, uma disciplina para que a criança durma e acorde sempre na mesma hora.

Leia também:
Mãe transforma sono da filha em fotografias fantásticas
7 dicas para melhorar o sono de seu filho

Além do tempo de sono, é necessário ficar de olho em detalhes para garantir a boa qualidade do sono das crianças. Para isso, primeiramente, deve-se dar atenção ao ambiente noturno: “Um quarto silencioso, escuro e sem distrações é essencial”, comenta Pedro, que ainda destaca que o fato de a criança dormir no quarto dos pais pode prejudicar o sono dela.

Luciano defende que o quarto da criança deve ser isento de estímulos: “Sem computador, sem celular e sem televisão. O quarto deve ser um lugar para dormir”, ressalta. Com as crianças maiores, Pedro lembra que é necessário que os pais fiquem atentos se o filho não fica usando o celular na cama, ao invés de dormir o tempo necessário.

Ronco e apneia, conhecidos como problemas de adultos, também podem atrapalhar o sono dos pequenos. E para investigar quaisquer outros distúrbios do sono, o exame chamado polissonografia também pode ser feito nas crianças, de acordo com orientação médica.

Veja ainda:
Especial 100 Brincadeiras: escolha a ideal para fazer com seu filho
Guia do Bebê: dos zero aos 12 meses, os desafios de cada fase

>>> Curta a página do Delas no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.