Tamanho do texto

O bebê, que morreu logo após o nascimento, ficou com os pais por quase um dia graças a um berço refrigerado

Amy McDonald estava grávida de 20 semanas quando fez um ultrassom e descobriu que o seu bebê tinha uma grave doença e o parto precisaria ser feito, mesmo tão cedo. O pequeno Amir nasceu pesando 450 gramas e respirou apenas algumas vezes antes de morrer.

Amy e seu noivo Domonic Reshad foram autorizados a passar 21 horas com o filho morto graças a um novo tipo de berço que é refrigerado. Amir foi colocado nesse berço frio com almofadas refrigeradas para permitir que os seus pais cuidassem dele e até mesmo vestissem o filho.

“Eu pude conherecer meu pequeno garoto nestas poucas horas. Pude beijá-lo, abraçá-lo e até mesmo conhecer o cheiro dele. Aquele berço refrigerado me concedeu memórias preciosas que eu não teria de outra maneira”. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

O casal tirou mais de 300 fotos com o bebê. Veja algumas na galeria abaixo:


Leia também:
Luto na maternidade
Casal faz ensaio de fotos com filha que nasceu morta para homenageá-la
Pacto de silêncio não faz bem a mulheres que perderam filho antes de nascer

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.