Tamanho do texto

Imagens de mulheres que retiraram ambos os seios ficam mais comuns; americana Rebecca Pine relata que tentou cirurgia plástica mas não se acostumou com ‘objeto estranho’ em seu corpo

Rebecca Pine disse não ter se sentido à vontade com os seios artificiais
BBC
Rebecca Pine disse não ter se sentido à vontade com os seios artificiais

A americana Rebecca Pine retirou um seio por causa de um câncer de mama, colocou um implante no lugar e foi aconselhada pelo médico a retirar o outro seio de forma preventiva.

Pine foi um dos destaques de uma reportagem recente do jornal americano The New York Times sobre mulheres que optaram pela mastectomia dupla sem reconstrução do seio.

Em depoimento à BBC, ela relata que nunca se sentiu à vontade com o seio artificial.

A  perigosa amizade virtual com blogueira americana que viralizou e levou adolescente saudita à prisão

“Não parecia meu seio, era algo estranho em meu corpo”, relata.

Assim, ela decidiu retirar o implante na mesma ocasião em que fez a outra mastectomia.

“É muita coisa colocar seu corpo nesta situação e não é como se fossemos ganhar nossos seios de volta.”

“Na maioria dos casos eles não parecem como nossos seios. E não os sentimos como nossos seios, os nervos foram cortados”, explicou Pine ao 'New York Times'.

“É muita coisa colocar seu corpo nesta situação e não é como se fossemos ganhar nossos seios de volta
BBC
“É muita coisa colocar seu corpo nesta situação e não é como se fossemos ganhar nossos seios de volta", disse a mulher

A americana diz que está ficando mais comum ver imagens de mulheres que optaram pela mastectomia total.

Câncer de mama: como o apoio do parceiro pode ajudar a superar a doença

Uma das principais razões é que a recuperação seria mais rápida e as chances de complicações menores em comparação com mulheres que fizeram a mastectomia dupla com reconstrução.

Além disso, com a proliferação de vários grupos sobre o assunto nas redes sociais, há bem mais mulheres que optaram por não fazer a cirurgia plástica de reconstrução compartilhando suas experiências.

Clique para ver o vídeo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.