Tamanho do texto

O casal já havia embarcado no voo quando recebeu a mensagem da piora na condição de saúde do neto

Um piloto abortou uma decolagem e permitiu que um casal de idosos saísse de um avião momentos antes da decolagem para que eles pudessem visitar seu neto, que estava internado em estado terminal no hospital.

Piloto abortou a decolagem para que casal pudesse desembarcar
Getty
Piloto abortou a decolagem para que casal pudesse desembarcar


Eles haviam embarcado no aeroporto de Manchester, no Reino Unido, em um voo para Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes, quando souberam por mensagem de texto da piora na condição de seu neto.

A aeronave já estava à caminho da pista, mas voltou ao portão para que o casal pudesse se dirigir para o hospital. Seu neto faleceu na mesma noite.

+ Leia mais:  Abrir brinquedos no Youtube vira febre e inflama debate sobre consumismo infantil

A agente de viagens Becky Stephenson foi quem marcou a viagem para o casal e disse que o caso, ocorrido em 30 de março, foi "bastante incomum".

"Trabalho com turismo há 25 anos e nunca vi uma situação como essa", afirmou.

Gratidão

Stepheson parabenizou o piloto da Etihad Airways e disse ser inédito para ela uma empresa aérea agir desta forma.

+ Leia também: Para empoderar meninas, 'Vila Sésamo' afegã cria personagem com véu

"Fiquei muito feliz que meus clientes conseguiram voltar para ver seu neto. Os dois ficaram muito gratos com o apoio e cuidados prestados pela equipe da companhia", afirmou a agente de viagens.

"O voo decolou depois de eles desembarcarem, e a Etihad permitiu que usem as passagens em uma nova data. Mas meus clientes não estão pensando nisso por agora."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.