Tamanho do texto

Amor e trabalho: veja como será o ano para os taurinos com as previsões da astróloga Monica Horta

Previsão para Touro: O céu avisa que é preciso sonhar, mas é melhor não apostar tudo nos sonhos
Arte iG
Previsão para Touro: O céu avisa que é preciso sonhar, mas é melhor não apostar tudo nos sonhos

Como sempre acontece no início do ano astrológico, o Sol em Áries obriga os taurinos a perceberem como os conteúdos inconscientes determinam a capacidade - ou impossibilidade – de se estabelecer laços profundos, de se entregar e se deixar transformar por um relacionamento.

Nos primeiros meses do ano, o Sol em Plutão no signo de Capricórnio despertam uma profunda discussão ética e podem transformar o desejo de viajar ou de aprofundar seu campo de conhecimento na mais importante “resolução de Ano Novo”. Mais uma vez, um impulso que se repete todo início de ano. É a partir do ano novo astrológico, que acontece no dia 20 de março, que as coisas mudam de figura.

Logo eles, que só se sentem realmente seguros quando estão diante da manifestação concreta das coisas, terão que lidar com a luz brilhante do grande triângulo dos signos de fogo passando pelas frestas das três casas do mapa que fala das coisas que ainda estão em potencial e por isso podem demorar para aparecer. 

Mas a configuração mais importante do mapa do ingresso do Sol é o encontro entre Vênus e Netuno no signo de Peixes, na casa que está relacionada com os planos para o futuro e com a nossa inserção no meio social. 

Os dois planetas estão muito fortes e garantem que o que for imaginado tem mais chance de dar certo do que for experimentado. Por causa da quadratura com Saturno e com Marte em Sagitário, os exageros da imaginação serão cortados por circunstâncias que ainda não se materializaram. O céu avisa que é preciso sonhar, mas é melhor não apostar tudo nos sonhos.

Até o mês de setembro, Júpiter em Virgem avisa que as respostas aos desafios do presente não devem ser adiadas por causa de sonhos para o futuro. 

Amor

Em relação ao amor, os taurinos vão estar mais românticos do que nunca. Talvez até românticos de mais. A generosidade do signo de Peixes pode se sobrepor à natureza possessiva dos filhos da Vênus de terra. Mas por causa da quadratura com Saturno, é bem possível que eles tenham medo de se envolver profundamente. Como Marte passará vários meses do ano em Escorpião, as possibilidades afetivas vão aparecer, mas é bem possível que os possíveis parceiros dos taurinos sejam tão possessivos e ciumentos como eles costumam ser. Podem fazê-los provar uma dose do seu próprio remédio.       

Como Júpiter começa o ano no signo de Virgem, em conjunção com a “cabeça do dragão”, os romances que começarem no primeiro semestre têm tudo para se transformarem em alguma coisa muito mais séria e estável. Mas é provável que só em setembro, quando Júpiter entrar em Libra, seja possível ter a segurança necessária para assumir algum compromisso.

Trabalho

Com as casas de trabalho em signos de ar e Mercúrio começando o ano no signo de Peixes, onde já estão Vênus e Netuno, as perspectivas da vida profissional dos taurinos estão envoltas numa névoa tão espessa como a que atrapalha as escolhas amorosas.   

Os planetas em signos de fogo estão avisando que uma parte importante da nossa vida se decide em instâncias que estão fora do nosso ângulo de visão e da nossa possibilidade de intervenção. O ano de 2016 deve trazer muitas surpresas que podem ser tão boas como desafiadoras.

Como o ano é regido pelo Sol, que toma conta do mundo interior dos taurinos, eles vão estar mais preocupados com problemas pessoais do que profissionais. A família pode ser um ponto de apoio importante diante das mudanças que podem acontecer.

Mas também é preciso aprimorar os relacionamentos com os colegas de trabalho, já que a quadratura entre Saturno e Vênus fala de problemas nos grupos e nas instituições de quem fazem parte.

A harmonia entre Júpiter e Plutão em signos de terra promete abrir novos horizontes, mesmo que aconteçam perdas imediatas. Mas, para que isso aconteça, é fundamental manter uma rigorosa postura ética.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.