Tamanho do texto

Com o incentivo da irmã, a paulista Stella Guerrato abriu uma loja durante a recuperação do complicado pós-operatório

No SPFW, as irmãs Isabella e Stella Guerrato contam como viraram empresárias de moda
Chames Oliveira/iG
No SPFW, as irmãs Isabella e Stella Guerrato contam como viraram empresárias de moda

Bonitas e estilosas, as irmãs paulistas Isabella Guerrato, 26 anos, e Stella Guerrato, 23, circulavam com desenvoltura pelos corredores da Bienal do Parque do Ibirapuera durante o SP Fashion Week. Donas de uma marca de roupas, a Mundo Marcolina, era a terceira vez que a dupla prestigiava o evento. “Gostamos de vir para conhecer as tendências e adaptá-las para o dia a dia das nossas consumidoras, que procuram algo mais acessível”, disseram as fashionistas. Este ano, elas faziam parte das 30 empresas ganhadoras de um concurso do Sebrae que tinha como prêmio visitar a mais importante semana de moda do País.  

Acho que tudo acontece por algum motivo. Talvez, se não fosse pelo câncer, eu não estaria aqui hoje, com a loja e indo ao SP Fashion Week", diz Stella

A história poderia ser a mesma contada por várias outras meninas que passaram pela edição de outono/inverno 2016  do evento e que, apaixonadas por moda, começaram a trabalhar na área. No entanto, para elas, ingressar no universo fashion foi uma forma de celebrar a vida. A ideia de abrir uma grife surgiu de Isabella depois que a irmã mais nova enfrentou um câncer de mama, descoberto aos 17 anos.

“Acho que tudo acontece por algum motivo. Talvez, se não fosse pelo câncer, eu não estaria aqui hoje, com a loja e indo ao SP Fashion Week. Não estaríamos juntas, cada uma estaria trilhando seu próprio caminho”, avalia Stella.

Descoberta com autoexame

A garota fez o autoexame após ler um algum anúncio sobre a importância da prevenção e percebeu uma diferença no seio. No primeiro momento, ela evitou compartilhar a observação com a família. Mas ao perceber o aumento nas mamas, decidiu falar com a mãe, que logo começou a procurar por médicos.

Levou um ano para que ela operasse: “Nesse estágio, o tumor já estava do tamanho de uma laranja. Mas eu não sabia que era câncer, apenas minha mãe sabia. Ela não queria me desesperar. Então, eu estava tranquila, pensava que seria uma operação qualquer”, lembra a jovem.

O tumor já estava do tamanho de uma laranja. Mas eu não sabia que era câncer, apenas minha mãe sabia. Ela não queria me desesperar", conta a jovem

No entanto, um erro médico durante a cirurgia agravou o estado de saúde de Stella. “Mandaram mais ar do que meus pulmões precisavam, mas não perceberam. Fui para casa no dia seguinte e percebi que estava com dificuldade de respirar. Ninguém sabe como eu sobrevivi”, conta ela, que voltou ao hospital e passou oito dias na UTI.

De volta para casa, durante o período de recuperação, a irmã Isabella propôs a ideia de começarem a vender roupa. E há quatro anos elas tocam o negócio, que hoje conta com confecção própria, e planejam aprender design de moda.

Em paralelo à grife, Isabella, que foi modelo dos 13 aos 18 anos, começa uma nova coleção: de faixas e coroas. Ela é Miss Mundo Atibaia 2015 (no interior paulista) e está concorrendo a Miss Mundo São Paulo. “Estou muito ansiosa. Pelo título e também pela visibilidade que terá a loja”, diz ela, que é também é modelo oficial do e-commerce da Mundo Marcolina  ao lado de Stella.

Isabella (de preto), que é Miss Mundo Atibaia 2015, incentivou a irmã Stella a entrar no mundo da moda após enfrentar câncer de mama
Chames Oliveira/iG
Isabella (de preto), que é Miss Mundo Atibaia 2015, incentivou a irmã Stella a entrar no mundo da moda após enfrentar câncer de mama


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.