Tamanho do texto

Hábito, que é sinal de empatia e meio de ligação social, não foi observado comumente em pessoas com traços de psicopatia

Até mesmo alguns animais, incluindo os chimpanzés e os cães, reproduzem bocejos
Reprodução
Até mesmo alguns animais, incluindo os chimpanzés e os cães, reproduzem bocejos

Um estudo realizado pela Universidade de Baylor, no Texas (EUA), mostrou que psicopatas não sentem vontade de bocejar ao ver outra pessoa bocejando. O hábito tão espontâneo faz com que quem vê alguém bocejar quase automaticamento reproduza o mesmo comportamento.

O hábito pode ser considerado um sinal de empatia e um meio de ligação social, características que carecem em um indivíduo psicopata. Até mesmo alguns animais, incluindo os chimpanzés e os cães, reproduzem o bocejo contagioso.

Para realizar o estudo, os pesquisadores pediram a 135 estudantes que preenchessem um relatório sobre personalidade psicopata. Todos eles possuíam alguma característica relacionada a esse comportamento constatada anteriormente - eram narcisistas, frios, egocêntricos, rebeldes e etc.

Em seguida, foram mostrados aos estudantes vídeos de pessoas com diversas expressões faciais, incluindo algumas que estavam bocejando. Nestes testes, os pesquisadores descobriram que os participantes que apresentaram mais sinais de psicopatia eram menos propensos a responder aos bocejos.

O estudo, no entanto, não é conclusivo. Um dos autores da pesquisa, Brian Rundle, disse que se alguém não reage a um bocejo, não significa que existe obrigatoriamente algo errado com ela. A pesquisa completa será publicada em novembro na revista  Personaliy and Individual Differences .

Leia mais:
Artista tenta criar bocejo coletivo com vídeo na Times Square
Você conhece algum psicopata?

>>> Curta a página do Delas no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.