Tamanho do texto

Mês em que a criatividade leonina enfrenta a crítica virginiana: um bom momento para se saber até onde os sonhos podem servir de guia para os nossos esforços na vida real

Quem tem medo de agosto, porque rima com desgosto, pode ir tirando o cavalinho da chuva. Como ocorre todo ano, este é o mês em que o Sol passa boa parte do tempo estimulando ao máximo o orgulho, o brilho e a criatividade do signo de Leão , e depois praticamente nos obriga a “calçar as sandálias da humildade”, uma característica do signo de Virgem.

Depois de exibir a criatividade leonina, chega a hora de enfrentar a crítica virginiana . Pode dar um frio na barriga, mas é inevitável. Se o trabalho foi bem feito não há o que temer. Se foi mal feito, vai ter de ser feito de novo. De preferência, sem reclamar.

Este ano estes dois princípios estão fortemente representados no céu. No começo do mês, nossa parte Leão está muito poderosa com Sol, Mercúrio, Júpiter e Vênus reunidos neste signo. E os quatro ainda contam com o auxílio luxuoso de Urano. Como o planeta da liberdade e de todas as revoluções está no signo de Áries, o tempo é propicio para criar coisas novas e ter aquelas ideias que, depois que aparecem, fazem a gente se perguntar por que não as teve antes.

Agosto: Sol passa a maior parte do tempo estimulando o brilho e a criatividade de Leão
ig
Agosto: Sol passa a maior parte do tempo estimulando o brilho e a criatividade de Leão

É verdade que Saturno, aparentemente andando para trás em Escorpião, está pronto para cortar todos os excessos e inibir todos os exageros. Mas ainda no dia 3 ele retoma o movimento direto e começa a preparar seu reingresso no signo de Sagitário – que vai acontecer no mês que vem.  E não dá para esquecer que o deus do tempo começa o mês em harmonia com Marte, marcando um ritmo seguro para os avanços que nascem de impulsos emocionais.

A partir do dia 7 a energia realista dos signos de terra vai se fortalecer no céu . Primeiro Mercúrio que, ao entrar no signo de Virgem, faz nosso pensamentos ganharem precisão e uma capacidade de discriminação que não tinham quando Mercúrio estava em Leão. Vai ficar muito mais fácil organizar a vida e o pensamento. E vai dar para perceber até onde a técnica é uma parceira indispensável de todo ser criador.

No dia seguinte, a energia de Leão ganha um aliado poderoso: Marte, o deus da guerra, entra no jogo distribuindo a coragem e a autoestima necessárias para enfrentar as críticas que vão vir depois.

O problema é que o responsável pela autocrítica, Mercúrio, vai ter de enfrentar os enganos e a autoindulgência de Netuno, que está no signo de Peixes. E a precisão vai por água a baixo . Ainda bem que as sandálias de Mercúrio têm asinhas no calcanhar e vão fazê-lo passar muito rápido por esse embate.

No dia 11 é Júpiter que vai entrar em Virgem e submeter sua vontade poderosa à peneira fina do pensamento lógico . A partir daí, vai ficar muito claro que as coisas só podem dar certo se forem feitas com perfeição. Para recuperar plenamente sua capacidade organizadora Mercúrio vai contar com a ajuda de Plutão, um planeta que dá poder transformador a tudo o que toca. No meio do mês, Mercúrio e Plutão vão gerar mentes afiadas, capazes de cortar em profundidade e não se enganar com qualquer tipo de sedução.

A poderosa aliança entre Júpiter, Mercúrio e Plutão vai ser extremamente benéfica para o nosso país, já que o Brasil, que nasceu em setembro, tem Sol e Mercúrio em Virgem. Boas parcerias, que já tinham se delineado, vão começar a dar frutos que devem se mostrar inteiramente no mês de outubro.  A insegurança e o pessimismo, que têm sido estimulados por Netuno, tendem a diminuir .  Mais uma vez, o aprendizado da técnica vai se mostrar útil de necessário.

Mas, nos dias 20 e 22, o Sol vai estar em tensão com Saturno, o que pode provocar um retrocesso no índice de confiança que estava subindo. No dia 23, o Sol muda de signo e marca o início do tempo de Virgem. Um tempo em que os conceitos de útil e necessário são chaves .

Leia também:  as previsões diárias para casa signo

A última semana do mês vai ser movimentada . O Sol, Júpiter e Mercúrio vão estar em harmonia com Saturno e, mesmo sem entender bem por quê, as pessoas vão recuperar o otimismo. Esta semana deve ser extremamente produtiva.

Os planetas em Virgem vão até dispensar a ajuda do dono da casa, Mercúrio, que vai entrar em Libra e favorecer os relacionamentos, os negócios e exaltar o valor da diplomacia.

O mês termina com a otimista conjunção entre o Sol e Júpiter batendo de frente com Netuno em Peixes. Um bom momento para se saber até onde os sonhos podem servir de guia para os nossos esforços na vida real.

Como Júpiter também é regente de Peixes, os sonhos começam em vantagem.               Outubro vai dizer se isso é verdade ou não .

>> Leia mais previsões na coluna Um Olhar Astrológico  <<

        >>> Curta a página do Delas no Facebook  e siga o @Delas noTwitter  <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.