Tamanho do texto

Projeto pretende encorajar e dar suporte a mulheres que sofrem com problemas como depressão, vício e automutilação

Basta alguns minutos a mais nas redes sociais, nos últimos dias, para ver várias mulheres fazendo desenhos de ponto e vírgula nos próprios corpos e postando nas redes sociais. E não se trata de mais uma modinha passageira do Tumblr ou Instagram.

O movimento, chamado Project Semicolon , ou Projeto Ponto e Vírgula, em português, tem como objetivo ajudar pessoas que sofrem com problemas de saúde mental, como depressão, desejos suicidas, automutilação, vício, entre outros.

Criado por Amy Bleuel, que em 2013 tatuou o símbolo em homenagem ao pai que tinha se suicidado, o projeto hoje já conta com vários colaboradores.

No site do movimento está o significado do símbolo: “um ponto e vírgula é usado quando o autor poderia ter escolhido terminar sua frase, mas escolheu não terminar. O autor é você e a frase é a sua vida”.

Veja fotos de apoiadoras do movimento na galeria abaixo:


Leia também:

As várias faces da depressão
Depressão é cada vez mais comum entre as mulheres
Campanha de valorização do corpo real invade redes com estrias e cicatrizes