Tamanho do texto

Julho chega animadíssimo. Um tempo ótimo para se movimentar, conversar, fazer negócios e criar coisas bonitas

Tempo de câncer: é preciso proteger o coração sem perder a doçura
Arte iG
Tempo de câncer: é preciso proteger o coração sem perder a doçura

Quem ainda tem o privilégio de morar em um lugar de onde se pode ver o céu já deve ter reparado. Duas estrelas estão brilhando muito forte no início da noite. A mais forte, e que fica mais perto do horizonte é Vênus que, na sua fase vespertina é conhecida como a Estrela Dalva. A senhora do amor e das pastorinhas. Logo acima está Júpiter, que só parece menor porque está mais longe. O pai de todos os deuses, o mais benéfico de todos os planetas.

Os dois no signo de Leão dizendo que é preciso confiar nos homens, que a crise é passageira e faz parte da vida . Se não chegar no ponto mais baixo, o carrinho da montanha-russa não ganha força para chegar lá em cima e despencar de novo provocando aquele inesquecível nó no estômago.

Julho começa com uma Lua Cheia que ilumina o eixo que une Câncer e Capricórnio. Os signos complementares que falam das nossas obrigações com a família e com o Estado. Da casca dura com que precisamos proteger o coração quando ele entra em contato com uma realidade áspera e assustadora. Proteger, mas não secar. Endurecer para poder lidar com o amargo, sem perder o núcleo doce.

Uma Lua Cheia que acontece todo ano, mas que em 2015 parece mais assustadora porque está chegando acompanhado por Marte e por Plutão, os planetas relacionados com a guerra, com a violência e a agressividade. Marte está ao lado do Sol, Plutão ao lado da Lua.   

Estes são os últimos estertores de um tempo difícil que está chegando ao fim. O último choque entre Urano e Plutão deve acontecer entre janeiro e março de 2016. Depois disto, a tensão que envolve o planeta deve diminuir gradativamente.

Mas estamos falando de julho e ele vai começar animadíssimo. Além da Lua Cheia, que favorece todos os relacionamentos, Mercúrio, que nos infernou a vida com o seu movimento retrógrado entre maio e junho, vai se entender com Urano, Júpiter e Vênus numa quadrilha alegre e colorida.

Um tempo ótimo para se movimentar, conversar, fazer negócios e criar coisas bonitas . É verdade que entre os dias 5 e 7, Plutão vai fazer uma oposição ao Sol de Câncer e trazer para a superfície mais uma dose das tensões que estavam escondidas. Um momento de enfrentamentos e disputas de poder.  Preocupante principalmente para os Estados Unidos que tem o Sol nessa reta.

No dia oito, o espertíssimo Mercúrio de Gêmeos vai entrar em Câncer e passar a colorir todas as formas de comunicação com um enorme grau de subjetividade. Bom para a poesia, mau para os negócios .

Esta pode ser uma data explosiva porque a Lua em Áries vai se encontrar com Urano e acender o pavio da oposição entre o Sol, Marte e Plutão. Neste dia é melhor evitar as situações que envolvam qualquer tipo de risco, mas o excesso de energia pode encontrar uma saída nos exercícios físicos, desde que se respeitem os limites do bom senso. Como Marte rege os músculos, eles podem sofrer por uma solicitação exagerada.

Na quarta-feira, dia quinze, a Lua Nova de Câncer dá um tom ainda mais emocional a essa configuração tensa de planetas. Mas é um bom momento para começar relacionamentos ou dar a partida em qualquer tipo de projeto Um tempo de começos, mas não de precipitação.

Vale a pena dar uma atenção especial à Lua que entrou em Leão e não vai fazer aspecto com nenhum outro planeta, mas não vai estar “fora de curso” como acontece quando ela se solta no final de sua passagem por um signo.  Ela vai estar solta, mas não vai estar tonta. Na verdade, está caminhando na direção de Júpiter, um planeta generoso, criativo e benéfico.

Dá a impressão de que ela também queria se encontrar com Vênus, mas a deusa do amor se muda para Virgem e fica esperando pela Lua num signo que fala de humildade e perfeccionismo. As duas se encontram quase às dez da noite. Como a Lua trouxe com ela a centelha criativa de Júpiter, a passagem entre sábado e domingo pode ser uma ocasião especial para dar forma concreta às ideias que surgiram na véspera.

O trabalho que surgir daí vai ser muito ajudado pelo bom senso e pela determinação da parceria entre o Sol, Marte e Saturno que está em Escorpião.  Um começo de semana produtivo para quem for muito paciente e pouco preguiçoso.

Veja também: Previsões diárias de cada signo

No dia 23, o Sol e Mercúrio entram juntos nos signo de Leão e o céu volta a ser dominado pelo entusiasmo e pelo brilho dos signos de fogo. Marte permanece em Câncer e insiste no desentendimento com Urano. As explosões de temperamento e as mudanças súbitas de direção devem continuar a acontecer. Apesar de possíveis desentendimentos, as atividades criativas vão continuas favorecidas . E as festas, divertidas e animadas.

No dia 25, a discreta Vênus em Virgem vai começar aparentemente a andar para trás. Nada muito trágico, mas um tempo em que vai ser necessário cultivar a virtude da paciência. Tudo tem que ser muito bem feito e sem pressa.  Isso vale tanto para os negócios como para as relações afetivas.

O mês que começou com uma Lua Cheia vai terminar com outra que, desta vez, vai iluminar o eixo que une Leão e Aquário. Um tempo em que vamos ter que refletir sobre o que é que tem mais valor: a satisfação individual ou a sensação de estar contribuindo para o bem estar do coletivo.

Essa Lua vai se formar de manhã cedo, bem no momento em que Júpiter e Vênus, dois planetas benéficos, estiverem nascendo no horizonte. Júpiter continua em Leão, exaltando as conquistas individuais. Mas Vênus vai estar em Virgem, falando aos homens sobre a beleza e o valor do serviço. 

Mais uma vez, vai valer a pena olhar para o céu, só que de manhã. Ele vai estar lindo.

        >> Leia mais previsões na coluna "Um Olhar Astrológico"  <<

    >>> Curta a página do Delas no Facebook  e siga o @Delas noTwitter  <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.