iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Um Olhar Astrológico

Monica Horta é jornalista e astróloga

Jornalista e astróloga, Monica Horta é autora do livro “Aniversários – Um Olhar Astrológico sobre a Vida”

O tempo de Virgem

Marte e Netuno anunciam um tempo de negociações entre emoção e razão e o Sol em Virgem ajuda a manter o foco no que é importante

31/08/2012 09:37

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

O normalmente simples e pragmático tempo durante o qual o Sol percorre o signo de Virgem, este ano vai ter um colorido diferente. Mais do que um colorido, um ritmo diferente. Tudo porque um dia depois do Sol mudar de signo (dia 22 de agosto) o poderoso Marte entrou no signo de Escorpião que, para a astrologia antiga, era um dos seus domicílios. Como se isso não bastasse, estabeleceu imediatamente uma parceria com Netuno que, como não acontecia há 168 anos, está confortavelmente instalado em seu trono no signo de Peixes.

Pode parecer estranho, mas na universidade medieval cada cadeira era regida por um planeta e Marte, que nós conhecemos quase que só como o Deus da guerra, era o regente da música.

Pensando bem, faz sentido. Poucas coisas podem simbolizar melhor a boa relação entre duas pessoas do que a capacidade de se movimentar no mesmo ritmo, de dançar bem juntas. Também não é à toa que quando a gente quer dizer que duas pessoas se entendem muito bem, a gente diz que elas se entendem “por música”.

Marte também representa o desejo individual e um dos maiores desafios das relações a dois é exatamente o de sincronizar desejos: 'hoje eu quero, hoje você também quer' ou 'hoje eu estou com dor de cabeça'.

A emotividade ao mesmo tempo forte e suave do trígono entre Marte e Netuno ainda está recebendo o reforço da energia de Vênus no signo de Câncer. O grande triângulo dos signos de água modifica bastante o clima realista e produtivo dos períodos em que o Sol está em um signo de Terra.

Virgem é um signo mutável, a terceira manifestação do elemento Terra. Na área da vida que corresponde à parte do mapa ocupada por este signo estamos sempre tendo que responder à pergunta 'para que eu sirvo?', 'para que tipo de tarefa sou mais adequado?', 'o que vim fazer aqui neste planeta'?

Este ano, o Sol em Virgem não está sozinho no seu esforço de mostrar o lugar certo para cada coisa e a utilidade de cada talento que recebemos do céu. Ele conta com a ajuda do mais do que poderoso Plutão que fornece uma objetividade e uma determinação importantes para o nervosismo e o excesso de crítica do Sol em Virgem.

Com duas configurações tão importantes no céu, vamos ter que analisar (uma qualidade completamente virginiana) com cuidado tanto as casas ocupadas por signos de Terra como as casas ocupadas por signos de Água para termos uma ideia do clima que podemos esperar para essa última parte do inverno. É claro que para quem está no hemisfério sul desse planeta...

CADASTRE-SE PARA RECEBER A NEWSLETTER DO DELAS, CURTA A PÁGINA DO DELAS NO FACEBOOK  SIGA O @DELAS NO TWITTER e consulte o horóscopo diário do Delas, por Monica Horta

Sobre o articulista

Monica Horta - horta.monica@gmail.com - Jornalista e astróloga, Monica Horta é autora do livro “Aniversários – Um Olhar Astrológico sobre a Vida”

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo