Tamanho do texto

O amor, o desejo e o sonho vão juntar forças num tempo propício a todas as paixões e a todas as formas de arte

Tempo de virgem: os sentimentos estarão mais fortes, assim como a vontade de aprofundar o relacionamento
Arte iG
Tempo de virgem: os sentimentos estarão mais fortes, assim como a vontade de aprofundar o relacionamento

O mês de setembro ainda começa sob a influência do grande triângulo dos signos de água, que aquece o nosso coração e ajuda a suportar o frio da última parte do nosso inverno tropical.

Leia:
As preferências sexuais de cada signo
A casa de cada signo

O triângulo formado por Júpiter em Câncer, Saturno em Escorpião e Netuno em Peixes mantém o clima emocional que está dominando o céu desde a metade do ano. Sob o domínio de Netuno, mais forte do que os outros por estar no seu próprio signo, Saturno e Júpiter falam da possibilidade da razão se entender com os sentimentos ou, pelo menos, a não desconfiar tanto deles. Daí podem nascer amores tranquilos ou parcerias profissionais produtivas.

A velha contradição entre o velho e o novo e entre a ação e a contemplação vai estar muito forte.

Essa inundação emocional desaba quase inteirinha nas relações a dois porque Saturno passa todo o mês em conjunção com a “cabeça do dragão”, a parte mais benéfica de um eixo que está diretamente ligado aos relacionamentos. Com Saturno nesta posição, todos os afetos sentem necessidade de aprofundamento e de compromisso. Mesmo que no começo do mês ninguém fale sobre isso, a ideia de casamento nas relações pessoais ou de contratos nas relações profissionais está pairando no ar.

Mas o grande triângulo de água não fala só de afetos. Ele também integra e se completa com o trígono entre Plutão em Capricórnio e o Sol em Virgem, que favorece todos os processos de regeneração e permite transformar em obras ou ações concretas todos os sonhos, ideais e poesias que jorram da nossa imaginação. Gera um tempo em que o sonho não atrapalha a produtividade.

A energia construtiva de Virgem fica mais forte no dia 5 , quando a Lua Nova se forma no céu apoiada por Júpiter e por Plutão. Como em todas as Luas Novas, este é um momento excelente para todos os começos. Se tiver algum projeto na gaveta, a hora de dar a partida é essa.

Talvez seja um pouco difícil perceber os novos padrões amorosos e estéticos que estão sendo trazidos por Vênus que, desde a metade do mês passado, está no seu trono no signo de Libra, em oposição a Urano em Áries. Desde essa época, uma revolução está em curso na sua imaginação. Não estranhe se descobrir que está gostando de coisas que antes não gostava ou valorizando o que até agora não tinha importância.

A outra coisa que pode atrasar as promessas da configuração em forma de pipa que está enfeitando o céu é a tensão entre Marte e Saturno, que fica mais forte a partir do dia 9 . A velha contradição entre o velho e o novo e entre a ação e a contemplação vai estar muito forte. O impulso agressivo e guerreiro de Marte está sendo multiplicado pelos ventos rebeldes de Urano.

Muita pedra ainda vai voar sempre que os desejos da juventude forem contrariados. Mas Saturno, que representa o estado e o poder constituído, está sendo apoiado pela justiça de Júpiter e pelo poder transformador de Plutão. Além disso, tem a seu favor uma virtude quase desconhecida por jovens guerreiros: a paciência.

Manifestantes são observados por PMs no Centro, entre eles o grupo Black Bloc
Uanderson Fernandes / Agência O Dia
Manifestantes são observados por PMs no Centro, entre eles o grupo Black Bloc


Aos poucos, o céu começa a mudar de cor. Dia 9, Mercúrio entra em Libra e começa a anunciar a primavera que só vai chegar no dia 22.

No dia 11 , Vênus entra no signo de Escorpião e começa a formar um belíssimo aspecto com Netuno. O amor, o desejo e o sonho vão juntar forças num tempo propício a todas as paixões e a todas as formas de arte -- se prevalecer a vontade de Urano, de vanguarda.

No dia 18 , Vênus se encontra com Saturno, que continua sobre a cabeça do dragão. Começa o tempo ideal para falar dos compromissos que foram sussurrados no começo do mês. No dia seguinte, uma Lua Cheia completamente solta do céu tenta convencer o mundo de que a vida é feita de pequenos milagres que só vão acontecer para quem acreditar neles.

No dia 22, o Sol entra em Libra e marca o Solstício da Primavera. O tempo esquenta, os contratos são assinados, as noivas se enfeitam -- se calhar, demais. O interessante é que Vênus, a regente de Libra, está em Escorpião, de onde se harmoniza com Júpiter, mas bate de frente com Marte. Os princípios do feminino e do masculino do mundo começam uma dança tensa que pode culminar tanto em um afastamento como em uma explosão de prazer e criatividade.

Com Júpiter em Mercúrio vindo em seu socorro, a deusa do amor tem tudo para vencer essa parada.

Nessa primavera, só não vão prosperar os projetos baseados em impulsos infantis ou mal-humorados.

Leia mais:
A beleza de cada signo
O perfil de cada signo

>> Acompanhe o seu horóscopo diário no Delas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.