iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Prazer & Sexo

A sexóloga Fátima Protti responde dúvidas das leitoras

Fátima Protti é psicóloga, terapeuta sexual e de casal; pós-graduada pela USP e autora dos livros “Vaginismo, quem cala nem sempre consente" e "Sexo, Amor e Prazer"

Os cinco sentidos a serviço do prazer: olfato

Prazer e sensações diversas são despertadas por meio de aromas e perfumes

03/01/2011 16:59

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-

Foto: Getty Images

Cheiros ajudam a despertar o interesse sexual

Você já ouviu falar de feromônio: o chamado cheiro do amor? Grupos de cientistas sugerem que a atração sexual em humanos pode acontecer pela reação química hormonal expelida pelo corpo. No entanto, diferentemente dos animais, nos homens esse não parece ser o fator determinante para a atração. Apesar de frascos de perfumes com feromônio sintético prometerem resultados incontestáveis, o que realmente sabemos é que a memória olfativa pode atrair ou afastar de alguém.

A memória olfativa tem início na gestação. O olfato é o primeiro órgão dos sentidos a se desenvolver no embrião e as primeiras impressões sensoriais são por ele capturadas. É essa experiência, anterior ao nascimento, que irá determinar algumas preferências de odores em cada ser humano. Um determinado cheiro pode ao mesmo tempo ser prazeroso para uma pessoa e repulsivo ou indiferente para outra.

Durante nosso desenvolvimento fazemos naturalmente associações entre cheiros e emoções, que são armazenadas numa área específica do cérebro, no sistema límbico. Diante de um determinado cheiro pode aparecer uma emoção, uma lembrança, um estado de humor ou comportamento.

Na obtenção do prazer sexual, os cheiros têm influência significativa. A maioria dos homens se excita com o cheiro da secreção vaginal feminina durante o sexo. Já no caso das mulheres, o suor do sexo oposto parece despertar a libido.

Quem curte os aromas artificiais pode lançar mão de velas perfumadas, incensos e aromatizantes de ambiente. Para o corpo, os perfumes mexem com o erotismo dos sexos. Uma dica: usar chá de macela, anis estrelado com erva doce ou outro da sua preferência no último enxágue do cabelo dá um toque pessoal e especial à mulher.

Os óleos e cremes de massagem são opções para estimular o olfato e o tato. Procure acariciar o corpo do(a) parceiro(a) usando certa pressão com as mãos para não criar sensações de cócegas, mas sim de excitação. Os genitais devem ser acariciados com cuidado, mas com vontade. A música é mais um elemento nessa hora para estimular os demais sentidos e criar um ambiente propício para o amor e para o sexo.

Leia também: Os cinco sentidos a serviço do prazer - paladar

Responda! O que você usa durante a transa para estimular os sentidos? Mande para mim sua dica. (clique aqui para enviar)

Visite o site da colunista Fátima Protti para saber mais sobre a profissional

Sobre o articulista

Fátima Protti - delas_amoresexo@ig.com.br - Fátima Protti é psicóloga, terapeuta sexual e de casal; pós-graduada pela USP e autora do livro “Vaginismo, quem cala nem sempre consente" - Site: www.fatimaprotti.com.br

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    1 Comentários |

    Comente
    • gatinha | 04/01/2011 14:07

      Por favor me esclareça? ? tive relaçao sexual menstr. estava no final ja da minha menstruaçao acho,,porem sou totalmente desregulada, qual a chance de ter engravidado, pois no dia 29 tive relaçao e no dia seguinte minha menstr. ja nao desceu mais como num passe de magica??? posso estar gravida???

      Responder comentário | Denunciar comentário

    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




    *Campos obrigatórios

    "Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"

    Ver de novo