Tamanho do texto

Colunista esclarece o assunto cercado de dúvidas e mitos e que pode comprometer a vida sexual de muitas jovens

"Existe a possibilidade de eu ainda ter hímen, mesmo tendo relações sexuais há cinco meses com penetração? Meu namorado tem o pênis pequeno. Eu sangrei nas duas primeiras vezes que transamos, mas ainda tenho essa dúvida"

Dúvida comum entre as jovens é esclarecida por colunista
Thinkstock Photos
Dúvida comum entre as jovens é esclarecida por colunista

A virgindade ainda é um assunto cercado por dúvidas e mitos, em alguns casos compromete a vida sexual de muitas jovens.

Sabemos que as primeiras experiências sexuais serão importantes na vida de qualquer pessoa. Para que o início seja bom, dois aspectos devem ser considerados: a maturidade física, que em geral, no caso da menina, se dá dois anos após a primeira menstruação, e a escolha do momento, que é pessoal.

A jovem não deve ceder por pressão de amigas ou do rapaz; não precisa ter pressa, mas tranquilidade e certa confiança na pessoa que escolheu para viver esse momento.

Algumas adolescentes não se masturbam ou não permitem que o namorado faça com medo de perder a virgindade. Outras, acreditam que o sexo oral pode romper hímen - película localizada na entrada da vagina.

O que irá provocar o rompimento do hímen será a introdução do pênis, de um objeto, um brinquedo erótico e em alguns casos do dedo na vagina. Além disso, ele pode não se romper na primeira vez e nem sangrar, depende do tipo do hímen.

O que mais preocupa e amedronta muitas jovens é o medo de sentir dor durante a penetração. As dores, podem ocorrer nas primeiras relações sexuais pela pressão do pênis na entrada da vagina e afastamento das paredes internas. Apesar de não ser intensa, a sensação é diferente para cada mulher – queimação, dor e ardor – e tende a desaparecer após a terceira relação. Outras mulheres, não relatam incômodo algum.

Para que o início seja bom, dois aspectos devem ser considerados: a maturidade física, que nas garotas se dá em geral dois anos após a primeira menstruação, e a escolha do momento
Getty Images
Para que o início seja bom, dois aspectos devem ser considerados: a maturidade física, que nas garotas se dá em geral dois anos após a primeira menstruação, e a escolha do momento

O medo de sentir dor, de estar fazendo algo errado e a expectativa do encontro sexual podem criar uma tensão pélvica e contrações vaginais inconscientes, dificultando o coito e provocando as dores.

Uma maneira de acabar com a tensão é focar no beijo, nas carícias, na sensação de prazer e na fantasia durante a transa"

Uma maneira de acabar com a tensão é focar no beijo, nas carícias, na sensação de prazer e na fantasia durante a transa. Isso favorece a excitação, a lubrificação e consequentemente o alargamento da vagina, tornando a penetração mais fácil. Se quiser facilitar ainda mais, leve com você um gel lubrificante à base de água e coloque sobre a camisinha, ajuda o pênis a escorregar.

Cara leitora, veja a importância da sua pergunta para o esclarecimento de dúvidas de muitas internautas. Quanto ao seu caso, acredito que o hímen rompeu, mas para ter certeza procure um experiente ginecologista.

Aproveite essas dicas abaixo para ter mais prazer no sexo


Leia mais colunas de Fátima Protti

_______________________________________________________________________

Fátima Protti é psicóloga, terapeuta sexual e de casal. Pós-graduada pela USP e autora dos livros "Vaginismo, Quem Cala Nem Sempre Consente" e "Sexo, Amor e Prazer". Escreva para a colunista: delas_amoresexo@ig.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.