Tamanho do texto

A sexóloga Fatima Protti responde perguntas dos leitores sobre masturbação na idade adulta e tamanho da vagina

>>> A dúvida deles: masturbação depois de adulto

“Gostaria de saber se masturbação em excesso faz mal. Tenho 45 anos, sou casado e me masturbo muito, olhando pornografia em sites ao vivo. Chego a ficar até quatro horas seguidas quando possível. Acho que minha esposa não sabe”.

'Posso passar horas no computador vendo pornografia', diz leitor. Masturbação depois de adulto é normal?
Getty Images
'Posso passar horas no computador vendo pornografia', diz leitor. Masturbação depois de adulto é normal?




Caro leitor, no seu caso parece que a masturbação ainda não é um problema em sua vida, tanto que sua preocupação é com sua saúde física. Porém, se começar a ter prejuízos, procure uma terapia sexual para uma avaliação.

A masturbação não faz mal ao organismo. É uma prática saudável para homens e mulheres. Filmes e sites eróticos, pornôs e revistas masculinas estimulam a masturbação porque mexem com as fantasias sexuais.

Mas passa a ser prejudicial quando sua prática excessiva ou compulsiva compromete o cotidiano, impedindo a pessoa de assumir compromissos, responsabilidades ou executar atividades. Ou quando causa sofrimento psicológico ou emocional para si ou para outros.

Sua prática nem sempre está relacionada com insatisfações sexuais. Mas, isso nem sempre reflete o pensamento da mulher que descobre que seu parceiro se masturba. Em geral, ela fica insegura por acreditar que não é boa de cama, que o sexo está ruim ou que ele só sente prazer em fantasiar com outras mulheres ou uma possível amante.

A sexóloga e colunista Fátima Protti tira dúvidas de leitores e leitoras
Edu Cesar/Fotoarena
A sexóloga e colunista Fátima Protti tira dúvidas de leitores e leitoras

>>> A dúvida delas: tamanho da vagina

“Meu marido tem um pênis de mais ou menos de 12 centímetros, ereto. Quando mantemos relação, ele penetra todo em minha vagina. Ele andou reclamando que isso não pode ser normal. Existe um espaço limite para a penetração?”

A profundidade da vagina da mulher brasileira é em média 12 centímetros, que se alarga e estica, podendo chegar a 15 cm de comprimento quando a mulher está em estado de excitação.

Em algumas posições, durante a penetração, o pênis com tamanho entre 13 e 14 centímetros, em estado de ereção, caberá inteiro dentro da vagina, não causando dano algum à saúde da mulher.

Portanto, no seu caso, cara leitora, é perfeitamente possível a entrada total do pênis em sua vagina.


* Fátima Protti é psicóloga, terapeuta sexual e de casal. Pós-graduada pela USP e autora do livro “Vaginismo, quem cala nem sempre consente". Escreva para a colunista: delas_amoresexo@ig.com.br

Leia mais colunas de Fátima Protti

Leia mais em Amor e Sexo:
Sete atitudes que melhoram um relacionamento desgastado
Desregulagem hormonal e fatores que afetam a libido
16 lições dos relacionamentos dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.