iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Mirna Zambrana

Construa e reforme com planejamento

Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

Abrir ou não a cozinha

O que é preciso analisar antes de quebrar a parede que separa a sala da cozinha

14/07/2011 07:55

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

Há alguns anos, a cozinha aberta passou a ser uma requisição de moradores jovens em sua primeira moradia ainda como solteiros. Originária da chamada “cozinha americana”, com um balcão dividindo o espaço com a sala, a tendência evoluiu para espaços totalmente abertos e com caráter social.

A prática, iniciada há 20 anos, hoje pode ser avaliada pela experiência de uso. Quando surge a dúvida na hora do projeto algumas questões ajudam a tomar a decisão. São elas:

1) Os moradores são pessoas formais ou informais?
2) Haverá funcionário diariamente trabalhando nessa cozinha?
3) É uma família com filhos, um casal ou uma pessoa solteira?
4) Os moradores ficam em casa durante o dia?
5) Gostam de cozinhar?
6) O espaço geral da moradia é grande?

Foto: Divulgação

A cozinha aberta pode criar um espaço de convívio interesante, além de aumentar o espaço de estar



Aproveite melhor os espaços da casa


A cozinha aberta costuma funcionar dependendo do tipo de vida do morador. Se eles estão em casa apenas à noite e nos fins de semana, pode criar um espaço de convívio interessante, além de aumentar o espaço de estar.

No caso de se optar por esse formato, alguns itens fundamentais são a adoção de uma coifa eficiente e portas grandes –preferencialmente de correr –, que possam ser fechadas quando se fizer necessário.

O ideal é que as portas de correr fiquem embutidas entre duas alvenarias e não tomem o espaço que se pretende ter aberto. Quando não for possível vedar totalmente o espaço, ter uma única folha de porta que esconda ao menos o fogão e a pia, por exemplo, surge como saída.

Lembrando que é uma tarefa muitas vezes cansativa manter uma cozinha socialmente apresentável. Principalmente se os moradores trabalham fora oito horas por dia. Nesses casos, uma máquina de lavar pratos pode ser também um item importante.


Siga o iG Delas no Twitter

 

 


 

Sobre o articulista

Mirna Zambrana - jbianchi@ig.com - Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo