iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Mirna Zambrana

Construa e reforme com planejamento

Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

A tinta certa para cada superfície

Conheça o tipo de tinta mais adequado para pintar paredes, azulejos, pisos e madeira

21/07/2010 10:58

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

Foto: Getty Images

Escolher a tinta certa e seguir as recomendações do fabricantes são essenciais

Pintar paredes, tetos, portas ou portões não requer apenas a escolha da tinta certa. É necessário seguir o procedimento recomendado pelos especialistas (sempre siga a orientação do fabricante).

A finalidade vai além de embelezar e o resultado deve atingir a maior durabilidade possível. Afinal, repintar com o imóvel habitado não é tarefa das mais simples. O desenvolvimento tecnológico no setor possibilita, além da pintura propriamente dita, a diversificação do acabamento e a proteção contra situações específicas.

No segmento decorativo, é possível a aplicação de vários tipos de texturas (às vezes até com gosto duvidoso) até a magnetização. No segmento funcional, existem tintas antimofo e maresia, antipichação (base de polímeros sintéticos, que permite a completa remoção da pichação sem danificar ou agredir a pintura), contra microfissuras, para paredes ou tetos de gesso e até aquela com baixo respingamento, muito indicada caso um leigo decida se aventurar nessa missão.

Há no mercado uma tinta, para uso externo e interno, desenvolvida com pigmentos de terra. Composta de água, carga mineral e terra, segundo o fabricante, dispensa massa corrida ou qualquer tipo de fundo e é livre de “Compostos Orgânicos Voláteis” (compostos orgânicos da composição das tintas que vaporizados entram na atmosfera e são prejudiciais à saúde. Existe um índice máximo aceitável).

Para cada situação e material existe a tinta certa, até mesmo para cobrir os azulejos do banheiro em uma reforma rápida. Mas nem pense em pintar a bacia sanitária. Projetado para receber dejetos líquidos e sólidos, este é um recipiente que acumula e sofre constantes descargas de água e produtos de limpeza incompatíveis com uma provável tinta disponível.

Madeiras podem ser protegidas praticamente sem que se note alteração em sua aparência com filtro solar e proteção antimicrobiana. O Stain que é um produto que penetra na madeira tem ação fungicida inseticida e é hidrorepelente.

Confira abaixo qual a tinta mais adequada para:
Paredes internas
Banheiros
Paredes externas
Paredes de gesso
Metais
Madeiras
Pisos
Pedras e tijolo aparente
Concreto aparente
PVC
Piscinas e caixas d’água
Telhas cerâmicas

Paredes internas: tinta látex PVA, tinta látex acrílica (mais resistente e fácil de limpar), texturas (use com muito critério)

Banheiros: epóxi (alternativa para azulejos), tinta antimofo (se o seu banheiro não tem boa ventilação, recomendo no teto aonde o vapor se concentra mais antes de se dispersar), tinta acrílica (lavável)

Paredes externas: tinta látex acrílica, texturas (apropriadas para áreas externas), tinta antimaresia (litoral), tinta antipichação

Paredes de gesso: tinta para gesso (dispensa fundo e é aplicada diretamente no gesso), tinta látex PVA ou tinta látex acrílica (necessário fundo preparador de paredes)

Metais: esmalte sintético, tinta a óleo e epóxi

Madeiras: esmalte sintético, tinta a óleo, verniz (prefira os que têm filtro solar), Stain, epóxi (em madeiras não resinosas) e tingidores (exclusivo para uso interno: laca e poliuretano)

Pisos: epóxi (cimentado), tinta para piso (cimentada e cerâmica fosca). Cada tipo de piso tem uma preparação específica

Pedra e tijolo aparente: esmalte sintético e resina acrílica (impermeabilizantes incolores)

Concreto aparente e fibrocimento: verniz acrílico (impermeabilizantes incolores)

PVC: esmalte sintético (no caso de calhas prontas ou encanamento aparente)

Piscinas e caixas d’água (superfície de concreto ou fibra): esmaltes epóxi ou poliuretano que tenham composição química que permitam contados com água potável. produtos da linha industrial

Telhas cerâmicas: esmalte sintético e resina acrílica (impermeabilizantes incolores)
 

Sobre o articulista

Mirna Zambrana - jbianchi@ig.com - Mirna Zambrana é formada em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie. Sócia de Aurélio Martinez Flores, tem vasta experiência em projetos residenciais e comerciais

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo