Antes de sair reformando, pare e reflita: qual seu estilo de decoração?

Existem diversas opções mundo afora e escolher uma única tendência é desafiador, já que podemos esbarrar em ideias incríveis de estilos diferentes.

Hoje trago para vocês 09 estilos que auxiliarão na escolha da paleta de cores, definição de mobiliários e harmonização dos espaços, sem esquecer do principal ingrediente dentro da sua casa: sua personalidade.

Estilo rústico: é o estilo do campo, muito marcado pela presença da madeira, preservando a simplicidade e natureza do local.  Materiais naturais, principalmente desgastados pelo tempo, palha, cerâmica, vime, linho, algodão, são alguns elementos que você encontrará nos detalhes desse design.

Estilo minimalista: aqui só entra o necessário, o que pode transmitir uma certa frieza ao ambiente. O foco é na livre circulação, com poucos móveis. Armários? Só o necessário e, se possível, escondido. Cores neutras como branco, preto e cinza com algum objeto colorido para contrastar, luz natural, linhas sóbrias e poucos detalhes e objetos.

Estilo moderno: estilo que brinca com a mistura de materiais e matizes neutras, é versátil e se adapta a qualquer ambiente. Simples e prático, o foco é a funcionalidade assim como o minimalista, trazendo mais vida e composição de materiais, com mais opções de cores e elementos decorativos. Valoriza as linhas retas, a luz natural com janelas sem adornos, mobiliário baixo e horizontal. A tecnologia está bem presente.

Estilo tropical: com o uso de cores vibrantes (azul, lilás, rosa, verde, branco, amarelo, branco e bege), que combinam entre si, sobre uma base neutra - branco, bege e madeiras. Uso de muitas plantas, móveis artesanais, estampas e objetos que lembrem a natureza, é a carinha do nosso país. Traz alegria e, bem dosado, leveza e intimidade ao ambiente. O foco é a conexão com a natureza.

Você viu?

Estilo industrial: este estilo pede amplos espaços e o queridinho do momento. Muito cimento aparente, luminárias suspensas, o máximo possível das estruturas e tubulações visíveis, cor cinza ou preta na parede e objetos e móveis com tonalidades marcantes.

Estilo retrô: um estilo que é uma volta ao passado, criando versões com um toque de modernidade. A primeira imagem que vem na cabeça são os famosos pés palito, muito encontrados em sofá, rack e armários. Cores vibrantes, referências pops, quadros com ícones do passado (principalmente dos anos 60/70) e eletros com design antigo.

Estilo clássico: um estilo para não errar. Usando poucas cores, o foco são nas neutras como o branco e o “off-white” contrapondo com marrom, e destaque para materiais nobres, objetos de arte, móveis e utensílios sofisticados.

Estilo escandinavo: estilo que vem do norte da Europa, sua base também são as cores neutras – branco, cinza e bege - com uso de muita luz natural, aconchego (madeira clara) e simplicidade nas informações (linhas retas e simples). A cor vibrante como contraponto mais utilizada é o azul.

Estilo Boho: é uma mistura de várias influências. Vem do inglês Bohemian Chic – boêmio contemporâneo – propõe combinações com inspirações orientais, étnicas, ciganas, hippie, vintage, um toque de romantismo e rusticidade, encantando os olhos e fugindo totalmente de padrões. Os principais tons são o marrom, bege, verde oliva, laranja e preto. A mescla de texturas, assim como de metais (ouro, prata e bronze), são bem presentes, trazendo um décor descontraído e colorido.

*Dica da Helo*: cada estilo tem pontos positivos e identificar o que você mais gosta de cada um te ajudará a ter uma linha de pensamento mais clara para a escolha dos acabamentos e móveis. Podemos sim misturar os estilos e essa é uma das formas que temos de transmitir o seu toque pessoal no seu lar. Outro ponto fundamental a ser analisado é o seu momento de vida: solteiro, casado, com ou sem filhos, idoso, recebe muitas pessoas, não recebe? São diversos fundamentos que avaliamos para definir qual a melhor estratégia para dentro da sua casa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários