Tamanho do texto

Especialista em sexualidade e colunista do Delas, Cátia Damasceno ensina como preparar um bom striptease e fazer do ato de tirar roupa uma arte

Tirar a roupa pode se transformar em uma verdadeira arte de sensualidade, capaz até de salvar relacionamentos. É o que explica Cátia Damasceno, que é colunista do Delas e especialista em sexualidade. Criadora do programa Mulheres Bem Resolvidas, ela conta que o striptease perfeito pode ser uma estratégia divertida para “atiçar o fogo” do casal.

Leia também: Seja bom de cama - veja dicas para sair da rotina

Colunista dá dicas para você fazer um striptease perfeito para o gato
shutterstock
Colunista dá dicas para você fazer um striptease perfeito para o gato


Entretanto, antes de ensinar quais os passos importantes que devem ser tomados para fazer uma performance perfeita, Cátia destaca a importância de se sentir sexy e bem com o próprio corpo. “O melhor striptease é feito por quem se gosta e consegue demonstrar sensualidade”, conta. 

Recado anotado, vamos as dicas! 

1. Prepare-se e avise!

Para que a performance de tirar a roupa para o parceiro seja um sucesso, o mais importante é trabalhar a atitude e preparar do corpo. Se isso te ajudar a se sentir melhor e mais confiante, vale fazer uma boa esfoliação na pele ou até mesmo uma depilação. “E também não adianta sair tirando a roupa”, alerta Cátia. “Mesmo se a ideia for fazer um show surpresa, deixe seu parceiro avisado de que a noite será especial”, ensina. 

2. Cuide dos detalhes

A especialista também conta que todo detalhe é importante. Deixar o ambiente à meia luz, com velas aromáticas e almofadas espalhadas pode ser uma boa ideia. “Você pode deixar um biombo no canto ou uma cadeira preparada no lugar certo. Além disso, pode apostar em uma lingerie nova”. Você pode ainda incrementar o visual com uma meia arrastão e outros itens sensuais.

3. Escolha a melhor música

A escolha da música precisa também é fundamental. Ela deve remeter à sensualidade e ter ritmo e estilo que combinem com quem vai fazer a performance, sugere Cátia. “Não dá pra fazer uma dança insinuante e provocativa com Roberto Carlos, né”, brinca a colunista. Ela tam algumas sugestões fáceis de serem encontradas em qualquer serviço de música e  que considera infalíveis. "Back in Black" (AC/DC), "American Woman" (Lenny Kravitz), "You can leave your hat on" (Joe Cocker), "Earned it" (TheWeeknd), "Suit & Tie" (Justin Timberlake) e "Say It Right" (Nelly Furtado) são algumas ideias para se pensar.

Leia também: Especialista tira dúvidas sobre orgásmos multiplos 

4. Foco na performance

Algumas atitudes são determinantes para o sucesso da performance, como usar uma cadeira ou outro móvel para apoiar a perna na hora de tirar a meia e manter sempre o contato visual com o parceiro. “E pare de se preocupar com o seu corpo ou com as roupas no varal”, destaca Cátia. “Acredite que você é a estrela no palco, e o seu gato vai te ver dessa forma”.  

5. Capriche no final!

Para finalizar o striptease perfeito, Cátia explica que é preciso ensaiar o tempo da música. “No ensaio, marque os momentos da música para saber em que ponto você vai estar do processo, e tente termine sua apresentação junto com a música”, sugere. Então, é só ir dar os parabéns por ele ter ficado paradinho admirando a sua beleza. “Depois disso tudo, é só partir para o que interessa, com ou sem trilha sonora”, completa. 

E claro, sempre podemos recorrer aos direitos iguais para homens e mulheres. Podemos pedr que ele nos faça um striptease. “Nós também merecemos admirar o corpinho deles”, completa Cátia. Para mais dicas sobre sexualidade, acompanhe a coluna de Cátia Damasceno no Delas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.