Tamanho do texto

Com olhar apurado, profissionais estimulam soluções de baixo custo, reaproveitando ao máximo o que se tem em casa

Estúdio Buji aposta na decoração com poucos objetos que chamem a atenção
Divulgação
Estúdio Buji aposta na decoração com poucos objetos que chamem a atenção

Reformar, trocar os móveis e comprar objetos decorativos são as principais ações que vêm à mente quando pensamos em transformar os cômodos da casa. Mas essas medidas demandam tempo e dinheiro, o que acaba sendo o grande motivo para abandonar ou adiar o desejo de redecorar a casa. 

Veja mais:  Aproveite as liquidações para redecorar a casa

No entanto, para comprovar que essas não são as únicas soluções, empresas de decoração surgem com a proposta de criar ambientes bonitos e cheios de personalidade a partir do reuso de móveis e do melhor aproveitamento dos espaços existentes. O que permite deixar de lado o quebra-quebra, as compras de novos objetos e, consequentemente, reduzir o orçamento a ser investido.

O Bora Decora , das arquitetas Graziela Oliveira, Karin Tavares, Rachel Benz e Raquel Botatti, aposta em mudanças simples, como o reposicionamento de móveis (que podem inclusive ganhar outra função) e a criação de um projeto luminotécnico que dê novo brilho aos espaços. Com pacotes a partir de R$ 250, que permite ter uma análise e indicações de como remodelar um cômodo de 5 m² a partir de atendimentos online, elas atendem clientes de todas as localidades do Brasil. Conforme a necessidade e a localização do projeto, o serviço também pode ser presencial, o que refletirá no preço. 

O simples reposicionamento dos móveis dentro do ambiente ou da casa pode dar novo visual ao todo e valorizar peças que antes ficam de escanteio. Caso deste projeto assinado pela Buji
Divulgação
O simples reposicionamento dos móveis dentro do ambiente ou da casa pode dar novo visual ao todo e valorizar peças que antes ficam de escanteio. Caso deste projeto assinado pela Buji

“Nosso objetivo com as mudanças é provar que as pessoas não precisam ter casa de revista ou de vitrine para morar e viver bem”, diz Graziela, para quem a reutilização de móveis é uma forma de valorizar aquilo que o cliente já possui.

No caso do estúdio Buji , comandado por Ana Viana e Bárbara Ávila, o atendimento e supervisionamento via internet sai mais caro (R$ 1.800) que o presencial (R$ 800). "No pacote online acompanhamos as trasnformações na casa do cliente por até 60 dias após a entrega do projeto descritivo (onde são destacados todos os pontos a serem modificados", explica Ana. Já o presencial se resume a duas horas de atendimento na casa do cliente, onde é feito o levantamento e análise dos problemas dos ambientes (até 25 m²). Posteriormente, um dossie com as soluções sugeridas é enviado para que o cliente aplique no prazo que desejar. Há ainda um pacote de R$ 3.800 que inclui projeto, book de referências, acompanhamento de fornecedores e montagem dos ambientes.

Entre os serviços da dupla está a indicação de quais objetos devem ser abandonados ou mantido, onde melhor posicionar quadros, quando trocar a tapeçaria, quando e onde uma corzinha na parede é bem-vinda etc. Se mesmo assim a compra ou reforma de um item for indispensável, as especialistas ajudam a direcionar os investimentos, indicando as peças e soluções que realmente farão diferença. 

No apartamento decorado pelo estúdio Buji, a pintura da parede em tom de azul e a mudança da tapeçaria do sofá  transformaram o visual da sala
Divulgação
No apartamento decorado pelo estúdio Buji, a pintura da parede em tom de azul e a mudança da tapeçaria do sofá transformaram o visual da sala


"Percebemos que as pessoas compram muito, mas compram de forma errada. Gastam com vários pequenos objetos ao invés de investir em algo que chame mais a atenção”, diz Ana. “Às vezes, não é preciso investir em uma almofada, mas sim em um balde de tinta”, completa.

Veja na galeria abaixo o antes e o depois dos ambientes transformados pelo Bora Decora:

Leia também:

Almofadas se destacam cada vez mais na decoração

14 ambientes incríveis para se inspirar na decoração da casa

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.