Tamanho do texto

Gracie latiu sem parar pedindo por ajuda depois que seu dono, Andy Smith, teve uma parada cardíaca durante a noite

Andy Smith, que salvou a vida de uma cadelinha de rua grávida ao levá-la para casa e nomeá-la de Gracie, teve sua vida salva por ela. O coração do britânico parou por 17 minutos após um AVC e uma parada cardíaca enquanto dormia e os latidos de Gracie pedindo por ajuda acordaram Coral Sibley, enteada de Andy que dormia no outro quarto. 

Andy e Gracie
Reprodução Mirror
Andy e Gracie


"Andy disse que não estava se sentindo bem e ia dormir no sofá e insistiu que não precisava de nada. Às 2h30, acordei com os latidos e uma batida. Pedi para Grace ficar quieta e ela enlouqueceu, levantei da cama e vi meu padrasto caído no chão", contou Coral para o jornal britânico Mirror. 

Coral já havia chamado a ambulância  quando Andy parou de respirar. Os paramédicos chegaram e usaram o desfibrilador para trazê-lo de volta. Ele foi levado ao hospital e ficou desacordado por quase duas semanas. "Os médicos disseram que ele realmente tinha morrido. Se não fosse pela insistência de Gracie, não teríamos conseguido salvá-lo. Gracie é uma heroína e muito especial para todos nós.", disse a esposa de Andy, Sibley. 

Gracie foi adotada por Andy quando perambulava grávida pelas ruas
Reprodução Mirror
Gracie foi adotada por Andy quando perambulava grávida pelas ruas




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.