Tamanho do texto

A americana Lynea Lattanzio, de 67 anos, diz que preferia ter mais 800 animais do que um novo homem. Assista!

"Estou em primeiro lugar na lista das mulheres excêntricas apaixonadas por gatos", admite a americana Lynea Lattanzio que mora com mais de mil bichanos em sua casa. Após a separação difícil do marido, ela mudou-se para uma casa grande sozinha, já que não tinha filhos.

Em 1992, alguns anos depois do divórcio, começou a adotar gatos e até o final daquele ano já dividia o teto com 96 animais. Ela se especializou em veterinária para ajudar nos custos médicos. 

Lynea ama gatos por eles serem animais independentes e chegou a vender seu carro e anel de casamento para cuidar deles
Reprodução
Lynea ama gatos por eles serem animais independentes e chegou a vender seu carro e anel de casamento para cuidar deles


Com o passar dos anos, o número de gatos só aumentou e ainda continua crescendo. 

Atualmente sua casa na Califórnia, nos Estados Unidos, é chamada de The Cat House On The Kings e tornou-se o maior abrigo de animais que não possui gaiolas e acolhe não só gatos selvagens ou abandonados, mas também cachorros e outros animais na mesma situação. 

Para Lynea, os animais são sua melhor companhia. "Eu era solteira e morava em uma casa de 390 m². Prefiro ter mais 800 gatos a um novo homem. Sou obsessiva! Duvido que exista alguém que viveu com 24 mil gatos em 24 anos", disse ela para o canal do YouTube Barcroft TV. 

Lynea conta com a ajuda de voluntários para dar comida e medicamentos aos mais de 1000 gatos que vivem em sua casa
Reprodução
Lynea conta com a ajuda de voluntários para dar comida e medicamentos aos mais de 1000 gatos que vivem em sua casa

Lynea conta com um time de voluntários e veterinários para cuidar dos 800 gatos adultos e dos 300 filhotes que estão atualmente em sua casa. Para quem se interessar em adotar algum dos bichamos, há 500 deles que estão disponíveis. 

Veja o vídeo em inglês que conta a história completa. 



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.