Tamanho do texto

A técnica minuciosa de cirurgia plástica ajuda para o rejuvenescimento facial e muitos outros benefícios

Muitas pessoas já escutaram que os olhos são conhecidos como as janelas da alma, não é mesmo? O olhar revela quando uma pessoa está cansada, estressada ou dormiu pouco - ou não. Às vezes, a aparência engana, pois você pode estar muito bem disposto e suas pálpebras mostrarem o contrário, por isso muitas pessoas recorrem a blefaroplastia. 

Blefaroplastia	 elimina flacidez e rugas da área dos olhos
Divulgação
Blefaroplastia elimina flacidez e rugas da área dos olhos

Esses tipos de mudanças ocorrem naturalmente com o decorrer do tempo devido ao acúmulo de gordura atrás da pele e da musculatura palpebral, provocando inchaço e flacidez na região em volta dos olhos. A bleforoplastia irá corrigir justamente esta aparência cansada, que também pode ser hereditária e aparecer em indivíduos jovens. Mas o que é exatamente esse tipo de cirurgia plástica ? O cirurgião plástico, membro titular da SBCP, Doutor Alexandre Mansur esclarece algumas dúvidas e conta os benefícios dessa técnica.

O que é a Blefaroplastia?

Blefaroplastia  é a cirurgia plástica que retira os excessos de pele das pálpebras e trata as bolsas de gordura. "Especificamente na pálpebra inferior podemos elevar o 1/3 médio da face com rejuvenescimento de toda região malar, abaixo dos olhos ate o sulco nasogeniano (bigode chinês)", explica.

Blefaroplastia	 corrige a deformidade no sulco lacrimal
Divulgação
Blefaroplastia corrige a deformidade no sulco lacrimal


Quais os benefícios da cirurgia?

"Melhora o aspecto das pálpebras superiores e inferiores, eliminando flacidez e rugas. Além de rejuvenescer a região malar, até sulco nasogeniano", comenta o Doutor Alexandre Mansur.

Como é feita a Blefaroplastia?

"Normalmente, o procedimento é feito com uma pequena incisão rente aos cílios – cerca de 1mm. Então é retirado o excesso de pele da pálpebra e os depósitos de gordura são reposicionados para que, em seguida, a incisão seja suturada com fio especial", explica o cirurgião plástico.

Paciente pode retomar as atividades 48 horas depois da blefaroplastia
Divulgação
Paciente pode retomar as atividades 48 horas depois da blefaroplastia

O diferencial de poucos cirurgiões plásticos é promover um rejuvenescimento facial quase que completo apenas com este procedimento. Para isto, na cirurgia realizada por Alexandre Mansur, a incisão vai até o músculo localizado embaixo da pálpebra inferior, o qual é descolado e reposicionado em direção à boca, de modo a cobrir a parte inferior do osso ocular. Desta forma, aumenta-se o volume da região, levanta o malar, a maçã do rosto e melhora inclusive o “bigode chinês”.

Atualmente, cerca de apenas 30% dos cirurgiões plásticos membros da SBCP realizam esse tipo de blefaroplastia.

Anestesia e cuidados pós-operatório

O mais comum é aplicar anestesia local associada à sedação. A blefaroplastia pode durar de 40 minutos à 1 hora e meia. Após cerca de 48 horas o paciente pode retornar às suas atividades rotineiras. O inchaço é comum após o procedimento cirúrgico e pode ser amenizado com compressas de água gelada e chá de camomila. Importante evitar a exposição ao sol até a cicatrização completa da região.