Tamanho do texto

Universitária britânica Yasmin Gasimova posta fotos em redes sociais mostrando com orgulho os pelos do corpo e afirma que a mulher não precisa se depilar para ser feminina

Para Yasmin, mulher pode ser feminina sem retirar todos os pelos do corpo
Reprodução/Daily Mail
Para Yasmin, mulher pode ser feminina sem retirar todos os pelos do corpo

Hoje com 19 anos, a estudante Yasmin Gasimova vive em paz com a decisão que tomou aos 11: parar de se depilar. Para mostrar que uma mulher pode ser feminina sem ter que retirar todos os pelos do corpo, a britânica postou fotos de si mesma na internet.

Apesar de raramente interferir no crescimento dos pelos de axilas, pernas e barriga, ela faz as sobrancelhas com certa regularidade e procura retirar também pelos do queixo.

Lutando com o excesso de pelos desde pequena, a estudante decidiu que a única maneira de ser feliz era assumindo - e aceitando - o próprio corpo. "A sociedade de hoje espera que a mulher se depile. Eu não tenho vergonha de admitir que não faço isso", explicou Yasmin ao jornal britânico Daily Mail.

Yasmin admite, no entanto, que em algumas ocasiões se sente obrigada a depilar os pelos do corpo. "Se eu depilo, o que é muito, muito raro, é porque é absolutamente necessário". Ela explica: "Se vou a praia, preciso fazer uma aula de natação ou se estou paquerando alguém, me depilo. Infelizmente, prefiro o inconveniente de me depilar do que o inevitável olhar de nojo e rejeição".

A britância declara ainda que mais mulheres deviam assumir seus pelos. "Não tem nada de sujo em pelos corporais", diz. "Essa é a realidade do corpo feminino e ela não deveria ser escondida", completa.

Leia também:
Mulheres de 30, 40 e 50 anos recusam a tintura e assumem os cabelos brancos
Oprah Winfrey: os ensinamentos da mulher mais poderosa dos EUA

>>> Curta a página do Delas no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.