Tamanho do texto

Por duas semanas o Delas vai falar sobre um fetiche diferente por dia e poses sexuais para aproveitá-lo; a segunda fantasia da lista é o axilismo - por axilas

Você tem um fetiche? Tem vergonha de admiti-lo? Não precisa. Muitos fetiches são saudáveis e extremamente comuns. Aliás, pode ser que você e seu parceiro compartilhem do mesmo, mas ainda não sabem. É por isso que ao longo das próximas duas semanas, o Delas falará de uma fantasia diferente por dia.

Não tenha medo de explorar seu fetiche junto com seu parceiro ou parceira, desde que sempre com consentimento
shutterstock
Não tenha medo de explorar seu fetiche junto com seu parceiro ou parceira, desde que sempre com consentimento


A intenção é desmistificar diferentes tipos de fetiche e mostrar como eles podem ser prazeroso no sexo, seja nas preliminares ou durante o ato propriamente dito. Ao todo, serão dez fetiches abordados - mas existem muito mais.

Se você tem algum, abordado ou não na série especial do Delas , não tenha vergonha de expô-lo ao seu parceiro e pensar formas de realizar suas fantasias, mas de modo que os dois se sintam confortáveis e com vontade.

Lembre-se de que o consentimento é essencial - e proteção também, para evitar uma gravidez indesejada e, principalmente, se proteger contra DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Sabendo disso, confira a segunda fantasia do nosso especial sobre fetiches e aproveite.

Axilismo: fetiche por axilas

O axilismo, ou fetiche por axilas, é um dos mais comuns. Nele, a pessoa gosta de lamber, beijar e chupar axilas da parceira
shutterstock
O axilismo, ou fetiche por axilas, é um dos mais comuns. Nele, a pessoa gosta de lamber, beijar e chupar axilas da parceira


Talvez tão conhecido quando o fetiche por pés, a podolatria, o axilismo é a excitação que se tem pela interação com as axilas do parceiro ou parceira, especialmente por meio de beijos, lambidas e “chupões” na região.

Mais comum entre homens, quem tem esse fetiche costuma preferir que a parceira não use desodorantes com perfume e/ou à base de alumínio, pois podem provocar irritações na boca do fetichista. Para os axilistas, o odor natural é sempre melhor, assim como suor não tende a ser um problema, pois, para eles, as axilas têm cheiro e secreções assim como a vagina, e não há nada de nojento nisso.

Além de beijar, lamber e chupar, o fetichista ainda pode gostar de limpar as axilas da parceira ou pode gostar de incorporar o axilismo a práticas de submissão.

Posições sexuais para o fetiche por axilas

O fetiche pode ser realizado durante as preliminares, mas não precisa se limitar a elas, podendo ser incorporado ao ato sexual propriamente dito. Para isso, aqui vai uma série de posições sexuais que prometem agradar o fetichista, seja esta pessoa um homem ou uma mulher, e seu parceiro ou parceira.

As três primeiras  posições são pensadas para quando o homem tem o fetiche, e as três últimas, para a mulher axilista.

» Cavalgada de costas curvada, Encaixadinha sentada e Posição do abraço

Fetiche: a Cavalgada de costas curvadas dá uma visão privilegiada ao homem das axilas da parceira
Renato Munhoz (Arte iG)
Fetiche: a Cavalgada de costas curvadas dá uma visão privilegiada ao homem das axilas da parceira


Nesta primeira pose, a Cavalgada de costas curvada, o homem se deita de barriga para cima. A mulher se senta em seu colo, de costas para ele, com os joelhos apoiados na cama. Porém, em vez de ficar com o tronco reto, ela o inclina para trás, usando os braços - posicionados nas laterais do corpo do parceiro - para se apoiar na cama. Ele segura e movimenta o quadril dela para a penetração.

Aqui, o homem terá uma visão privilegiada das axilas da parceira, que pode abrir os braços levemente para auxiliar a visão. Ele também pode elevar um pouco o tronco para beijar ou lamber a região por trás.

Basta a mulher levantar os braços para satisfazer o fetiche por axilas do parceiro, que poderá alcançá-las
Renato Munhoz (Arte iG)
Basta a mulher levantar os braços para satisfazer o fetiche por axilas do parceiro, que poderá alcançá-las


O homem se senta com as costas apoiadas na parede e estica as pernas para dar início à posição conhecida como Encaixadinha sentada. Então a mulher senta no colo dele, com suas costas apoiadas no tronco dele, e também estica as pernas. Durante a penetração, ele pode estimular o clitóris da parceira e ela pode levantar os braços para que ele também acaricie suas axilas.

Na posição do abraço fica fácil para que o homem alcance a axila da companheira e realize o fetiche
Renato Munhoz (Arte iG)
Na posição do abraço fica fácil para que o homem alcance a axila da companheira e realize o fetiche


Para realizar a posição do abraço, o homem também fica sentado e a mulher se senta no colo dele, porém virada para ele, enlaçando suas pernas por trás do corpo do parceiro e ficando ligeiramente mais elevada, justamente por estar no colo dele, para que a cabeça dele fique na região do peito da parceira.

Nesse momento, a mulher pode aproveitar para envolver o rosto do parceiro num abraço, deixando as axilas expostas e ao alcance da boca dele, para que ele aproveita da forma que quiser.

» Domando o garanhão, Posição relaxada e Pouso relaxado

A posição Domando o garanhão pode ser muito boa para mulheres com fetiche por axilas
Renato Munhoz (Arte iG)
A posição Domando o garanhão pode ser muito boa para mulheres com fetiche por axilas


Para Domando o garanhão, quem manda é a mulher . Ele se deita de barriga para cima e ela vai por cima dele, virada em seu sentido, se encaixando para a penetração. Então ela inclina o tronco para frente para envolvê-lo com os braços. Desta posição, a mulher consegue ficar com o rosto bastante próximo às axilas do parceiro, que pode abrir os braços para que ela faça carícias na região usando a boca.

A mulher com fetiche em axilas, nesta posição, pode apenas girar o corpo para realizar a fantasia
Renato Munhoz (Arte iG)
A mulher com fetiche em axilas, nesta posição, pode apenas girar o corpo para realizar a fantasia


Na Posição relaxada, o casal se deita de lado - ela na frente, ele atrás. Ela fica com o corpo inteiro apoiado na cama, enquanto ele usa o braço “debaixo” para se apoiar no antebraço e elevar levemente o tronco e penetrá-la por trás, usando o braço livre para estimular o clitóris da parceira. Enquanto isso, ela pode girar levemente o tronco para trás para conseguir alcançar a axila dele com a boca.

Fetiche por axilas: no Pouso relaxado, fica fácil para a mulher beijar e lamber axilas do parceiro
Renato Munhoz (Arte iG)
Fetiche por axilas: no Pouso relaxado, fica fácil para a mulher beijar e lamber axilas do parceiro


O Pouso relaxado é a posição clássica “papai e mamãe”: a mulher se deita e o homem vai por cima dela, também deitado, para penetrá-la. Se ele posicionar os braços um pouco mais esticados, com as mãos na cama, nas laterais da cabeça ou pescoço da parceira, basta ela elevar um pouco o tronco para conseguir alcançar suas axilas com o rosto.

Tem mais dúvidas sobre o fetiche abordado, fantasias ou posições sexuais? Entre em contato conosco pelo  sexo@igcorp.com.br e nós traremos um especialista para respondê-la com sigilo total!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.