Tamanho do texto

A pesquisa falou com mulheres heterossexuais e descobriu que a maioria delas gemia para excitar ou aumentar a autoestima do parceiro

O orgasmo feminino é muito discutido e até fantasiado, imaginado de formas que não são muito reais. Gemer e fazer caras e bocas são características do ápice de prazer da mulher. Mas até quando o gemido é sinal de que ela está tendo prazer?

"Fingir orgasmo é normal?"

Ao ver a mulher gemer alto na cama, pode ser que ela esteja, na verdade, fingindo um orgasmo
Thinkstock/Getty Images
Ao ver a mulher gemer alto na cama, pode ser que ela esteja, na verdade, fingindo um orgasmo

Uma pesquisa britânica, realizada em conjunto entre a Universidade de Leeds e a University of Central Lancashire, constatou que gemer alto no sexo nem sempre é sinal de que o momento é bom, ou que ela realmente está vivendo um orgasmo.

O estudo entrevistou 71 mulheres heterossexuais e sexualmente ativas, com idade entre 18 e 48 anos, e perguntou a elas questões sobre fazer barulhos durante o sexo.

Cinco melhores posições sexuais para chegar ao orgasmo

Enquanto algumas  admitiram que naturalmente gemiam mais alto no ápice do prazer, a maioria das mulheres afirmou que o gemido mais alto não era um indicativo de prazer.

Na verdade, a grande maioria, 66% das mulheres entrevistadas, disse que aumenta o volume dos gemidos para excitar e estimular o parceiro a também chegar no ápice do prazer para que a relação acabe logo. Entre elas, 87% explicaram que a maior motivação para gemer alto na cama era aumentar a autoestima do parceiro durante o ato.

Outro sinal de que os gemidos altos não são sinal de maior prazer é que o mesmo estudo percebeu que, enquanto a chance das mulheres terem um orgasmo cai durante a penetração, os sons que elas produzem só aumentam.

Para algumas mulheres é impossível ter orgasmo com penetração; saiba o motivo

"As mulheres geralmente experimentam o orgasmo durante as preliminares, mas os altos gemidos são feitos geralmente um pouco antes e durante a ejaculação masculina”, diz a pesquisa.

As mulheres consultadas pela pesquisa britânica também confessaram fazer barulhos não só por prazer, mas para aliviar o tédio, o cansaço e alguma dor ou desconforto durante o ato sexual.

Qual o motivo?

Uma pesquisadora de assuntos relacionados à sexualidade da Universidade de Indiana, Kristen Mark, disse à CNN que ainda não há muitos estudos nessa área, mas ele acredita que o maior motivo de mulheres gemerem mais alto para agradar os parceiros é a mídia: “Nós somos bombardeados com imagens em filmes e outros meios de que gemer está associado com o orgasmo e prazer sexual”. Por isso, completa a especialista, “gemer alto seria uma estratégia de fingimento bastante sábia, já que os homens tendem a associar gemidos com orgasmo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.