Tamanho do texto

Com o projeto "Adipositivity", fotógrafa americana busca transformar conceitos de beleza e quebrar com esteriótipos

Criado pela fotográfa norte-americana Substantia Jones, o projeto Adipositivity (junção da palavras adipose e positivity, respectivamente adiposo e positividade em português) tem como objetivo celebrar os corpos de pessoas obesas através de ensaios nus. A ideia é promover a aceitação dos diversos tipos físicos e encorajar a discussão sobre o tema.

Veja também:  Modelos plus size compartilham inseguranças e superação em vídeos

Fotógrafa norte-americana Substantia Jones criou projeto Adipositivity para celebrar o corpo de pessoas gordas e obesas
Reprodução/Substantia Jones
Fotógrafa norte-americana Substantia Jones criou projeto Adipositivity para celebrar o corpo de pessoas gordas e obesas

São mulheres, homens e transsexuais retratados em diferentes séries fotográficas, iniciadas em 2007. “Alguns estão mostrando seus corpos com orgulho, outros com timidez e alguns com bastante relutância. Mas todos eles compartilham uma determinação em alterar as noções normalmente aceitas de um estreito e específico ideal de beleza”, afirma Substantia no site do projeto.

O ensaio “The Valetine Series” chamou a atenção do público por mostrar momentos íntimos de casais de diferentes raças, gêneros, biotipos e orientações sexuais. Revelando, principalmente, a intimidade dos que pertencem a grupos esquecidos pela mídia convencional.

Ensaio
Reprodução/Substantia Jones
Ensaio "The Valentine Series" chamou atenção por levar ao público momentos íntimidos dessas pessoas

“Eu também quero mostrar que os casais, assim como as pessoas, vêm em diferentes tamanhos. Eu nunca vou entender porque tantos acreditam que gordos só ficam gordos, da mesma forma que magros só ficam com magros. Por quem você sente atração depende de volumosos fatores. E se seu próprio corpo não é um deles” revelou a fotógrafa em entrevista ao "Huffington Post".

Veja outras imagens na galeria abaixo:

Leia mais:

Brasileiro realiza "Miss Gordita" no Paraguai para combater discriminação

A vez das gordinhas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.