Tamanho do texto

Entre as principais justificativas estão medo de contrair DST, motivos religiosos e falta de confiança na parceira

Pesquisa realizada pela empresa Sex Wipes revela que 43% dos homens não gostam de fazer sexo oral em mulheres. Eles alegam medo de contrair DST, questões religiosas e falta de confiança na parceira.

Para chegar ao número foram entrevistados 1252 homens, de 18 a 30 anos, paulistanos, heterossexuais e sexualmente ativos. Aqueles que disseram se sentir incomodados com o ato também apontaram o cheiro e gosto ruim, a quantidade de pelos e má aparência do órgão sexual feminino.

Parcela dos homens entrevistados afirmou receber sexo oral com frequência e não se preocuparem em retribuir
Getty Images
Parcela dos homens entrevistados afirmou receber sexo oral com frequência e não se preocuparem em retribuir


Apesar de muitos homens relatarem que fazer sexo oral na parceira é um dos pontos altos das preliminares para eles, a recusa à prática é uma queixa comum das mulheres. Além disso, quatro em cada 10 homens de 78% dos entrevistados que afirmaram receber sexo oral frequentemente não se preocupam em retribuir o agrado.

Por outro lado, 35% dos que fazem sexo oral na parceira disseram que querem dar prazer.

Leia mais:

Dez dúvidas sobre sexo oral respondidas

Quais os riscos de se fazer sexo oral?

Como lidar com os altos e baixos do tesão no relacionamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.