Tamanho do texto

Veja o que mulheres de New Orleans pensam sobre vídeo da Globeleza e nudez das mulheres no carnaval; dê sua opinião

É carnaval, mas, nem tudo é folia. Tem muita gente que aproveita a data para refletir sobre a exploração do corpo e da imagem da mulher. Não é a primeira vez que a nudez feminina dentro ou fora da avenida é debatida. Muitas vezes, a polêmica está em torno de algo que já estamos acostumados a ver, mas será que não vale mesmo a reflexão?

Érika Moura é a Globeleza 2016; vinheta causou indignação nos EUA
TVGlobo / Divulgação
Érika Moura é a Globeleza 2016; vinheta causou indignação nos EUA


Nessa época, é comum - e até esperado - ver a Globeleza rebolando sobre um saltão com o corpo pintado na televisão. Mas a revista ativista no feminismo "Azmina - para mulheres de A a Z" foi até New Orleans, nos Estados Unidos, onde acontece um dos carnavais mais famosos do mundo, ver a reação das mulheres ao assistirem à vinheta do carnaval da Globo. As reações impressionam.

+  Mulher machista? 7 situações em que mulheres reforçam o machismo contra elas

Polêmica

"Mulheres não deveriam aparecer nuas dançando na televisão", diz uma mulher. "É sempre uma mulher negra que tem que retratar o corpo desta forma. Não é certo", comenta outra. "Acho que deveria ter um homem com ela. É extremamente machista", opina. Outra vai além: "As brasileiras deveriam ficar ofendidas com esse comercial".

Em um país tradicionalista e moralista em relação à mulher, é bem contraditória essa exposição. Existe um moralismo em torno da sexualidade feminina, mas, no carnaval, tudo pode"

O que as brasileiras acham

Ao Delas , algumas brasileiras falaram o que elas pensam sobre a polêmica, que divide opiniões. "Na casa dos meus pais a Globo fica ligada direto e a gente acaba valorizando o que passa no canal. Mas, também me fez pensar: em um país tradicionalista e moralista em relação à mulher, é bem contraditória essa exposição. Existe um moralismo em torno da sexualidade feminina, mas, no carnaval, tudo pode. É bem sexista, é sempre uma mulher nua, nunca tem a versão masculina", reflete Aline Vessoni, de 31 anos.

"Rotula a brasileira" ...

"Desde pequeninha sempre me assustou ver uma mulher nua na televisão nessa época, mas também acho bonito, ela é linda", opina a professora Paula Fontanelli, de 31 anos. "Acho ridículo representar a mulher de uma maneira caricata, que rotula a brasileira negra, apelando para a nudez desnecessária", diz a jornalista Iara Fonseca, de 33 anos. 

... Ou o "mundo está chato"

"Acho que o mundo está muito chato. É só uma propaganda de carnaval, não é, gente?", discorda a oftalmologista Maria Carolina Gomides, de 34 anos. "Quando aparece a vinheta eu acho lindo, saio sambando, quero ser linda e negra como ela. E o corpo da mulher é lindo, muito mais bonito que o do homem", emenda a empresária Bridi Machado. "Esse mundinho politicamente correto o tempo inteiro enche o saco. Talvez por já ter me acostumado desde pequena a ver a cena, acho que a intenção é valorizar essa festa tão tradicional brasileira e marcada por lindas mulatas sambando maravilhosamente bem", reflete a jornalista Aline Cebalos, de 33 anos.

Bruno Gagliasso com a mulher, Giovanna Ewbank: olha a mão boba!
Reprodução
Bruno Gagliasso com a mulher, Giovanna Ewbank: olha a mão boba!

... Ou o feminismo cresceu?

Não dá pra ignorar que temas como esses não eram discutidos com tanta frequência e tinham pouco espaço antes das redes sociais, onde as mulheres se empoderam e debatem livremente assuntos que não teriam espaço na TV e nos jornais. "Amava a Globeleza, imitava, até. Mas, hoje, acho machista, a mulher parece carne no açougue", comenta Caroline Corrêa, de 33 anos. A discussão é boa e faz parte de um processo de formação do espaço que pretendemos na sociedade.

Recentemente, discutimos uma pauta sobre famosas apalpadas em público e com consentimento. Vera Vieira, diretora da Associação Mulheres pela Paz - organização que luta por mais a visibilidade ao trabalho feminino e contra a violência às mulheres - é categórica: "É uma agressão!" E ela acredita ser um absurdo pessoas públicas compartilharem fotos como a tirada pelo casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

Sua opinião

Assista ao vídeo e dê sua opinião na enquete abaixo:




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.