Aprenda a reconhecer os sinais que avisam quando essa caracteristica passa a ser um problema para seu filho

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ModeloiG%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237491673791&_c_=MiGComponente_C

Muitas criancas passam por isso. Na hora de ter de interagir com alguem, suas m?os suam, a voz falha, o corac?o acelera. Este e o momento que diferencia uma simples vergonha de um problema para a crianca.

A ma noticia e que criancas isoladas por causa de uma timidez excessiva s?o mais propensas a desenvolverem, na adolescencia, transtornos psiquiatricos como ansiedade e fobia social. A boa noticia e que estudos recentes sobre comportamento mostram que a timidez n?o e uma caracteristica imutavel, e sim uma barreira que pode ser ultrapassada ? e o papel principal neste caso pertence a m?e.

Confira duas listinhas que preparamos, com a ajuda da psicologa cognitiva Claudia Murua: uma para voce reconhecer quando seu filho precisa de ajuda e outra com dicas praticas para efetivamente ajuda-lo.

Como reconhecer o problema

Timidez moderada n?o e doenca. Inseguranca e normal; a timidez so vira um problema quando impede a crianca de realmente realizar uma tarefa ou se relacionar. O nivel de timidez pode ser observado desde pequeno: bebes que n?o respondem rapidamente a novidades, como um brinquedo novo, tendem a ser criancas introvertidas. Fique de olho.

Outros sinais:

Seu filho tem as m?os sempre muito suadas ?

Ele evita situac?es de interac?o?

Ele tem muito medo de ser avaliado de forma negativa pelos outros?

Apresenta rubor nas faces , tens?o muscular, palpitac?es ou tremores frente a uma situac?o de exposic?o social?

Tem dificuldade para se relacionar com amiguinhos da mesma faixa etaria ? o que pode incorrer inclusive em problemas de desenvolvimento fisiologico, porque n?o consegue brincar junto?

Tem medo de errar , ate nas pequenas coisas, e isso vira um circulo vicioso, pois n?o existe aprendizado sem erro?

Comeca a ir mal na escola , porque tem vergonha de perguntar suas duvidas na sala de aula?

Ele n?o consegue, por exemplo, pedir uma informac?o sozinho , ou fazer um pedido para o garcom por conta propria?

Na escola, ele fala pouco , sempre em voz baixa, e n?o participa de atividades coletivas?

Se voce respondeu sim a maioria das quest?es, e hora de ajuda-lo.


Como ajudar?

O papel da m?e e fundamental para reverter este problema. A crianca deve ser ajudada a colocar em xeque suas crencas (de que n?o e boa o suficiente, de que so erra, etc.), reestruturando-se cognitivamente. Confira algumas dicas praticas.

Solte seu filho. Filhos de pais superprotetores provavelmente ser?o adultos retraidos. A crianca precisa arriscar, experimentar. E ai que ela vai entender que pode, sim, errar ? e aprender com os erros.

Em casa, relaxe. Foi constatado que um nivel elevado de ansiedade interpessoal dos pais esta diretamente ligado a timidez dos filhos.

Criancas que ficam em casa com a m?e e n?o convivem em creches ou escolinhas comprovadamente se tornam mais timidas. Estimule o convivio social de seu filho.

Crie oportunidades. Exponha-o a uma ampla variedade de situac?es sociais diferentes, mas sempre de forma natural, sem forcar nada, porque a press?o so vai aumentar a angustia da crianca.

De a seu filho espaco para falar o que sente , de forma relaxada e sem press?o. Aproveite para reforca-lo positivamente, para elogiar. Elogios fazem milagres.

Fale com a escola , peca ajuda. Os professores v?o estimular a socializac?o, principalmente nas brincadeiras de patio.

Mostre empatia. Se a crianca se mostra ansiosa, diga que voce entende o que ela sente e sabe que e dificil, mas que voce sabe que ela vai conseguir superar. Reconheca a dificuldade, mas tambem o potencial do seu filho.

Seu filho copia modelos. Comporte-se de maneira extrovertida. Pais introvertidos reforcam o comportamento dos filhos.

Se seu filho n?o quiser ir a uma festa de aniversario, por exemplo, tente conversar com ele e convence-lo a ir. Na festa, porem, n?o o exponha, por exemplo, empurrando-o para conversar com quem n?o quer. Respeite sempre seus limites.

Um psicologo infantil pode ser o melhor amigo do seu filho nestas horas. Em alguns casos, a terapia e a soluc?o mais indicada.

Leia mais sobre: criancas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.