Orientação quer reduzir o risco de formação de coágulos sanguíneos potencialmente fatais

Pílula: EUA lançam novas diretrizes para o uso após o parto
Getty Images
Pílula: EUA lançam novas diretrizes para o uso após o parto
Mulheres que tenham acabado de dar à luz deveriam esperar até três semanas antes de começar a usar pílulas anticoncepcionais, por causa do risco da formação de coágulos sanguíneos sérios e potencialmente fatais.

As submetidas a cesariana ou que tenham qualquer outro tipo de fator de risco para coágulos sanguíneos – como obesidade ou histórico prévio de coágulos – deveriam esperar até seis semanas antes de usar esses medicamentos para evitar uma nova gravidez .

Leia: E se o anticoncepcional falhar?

As novas recomendações, feitas pelo Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), são mais restritivas do que as diretrizes divulgadas no ano passado e são similares às recomendações feitas em 2010 pela Organização Mundial da Saúde.

Diversos estudos mostraram que mulheres têm muito mais probabilidade de desenvolver um coágulo sanguíneo nas semanas logo após o parto do que mulheres não-grávidas em idade reprodutiva que não tenham acabado de ter um bebê. O risco cai rapidamente depois de 21 dias, mas o metabolismo não retorna ao normal antes de 42 dias depois do parto.

Pílulas anticoncepcionais que incluam estrogênio e progestina também aumentam o risco de coágulos sanguíneos nas veias profundas ( tromboembolismo venoso ). As novas diretrizes foram publicadas no Relatório Semanal de Morbidez e Mortalidade do CDC, no início do mês.

Leia mais sobre anticoncecionais:
Conheça o triângulo da contracepção
Gel pode substituir pílula anticoncepcional
O que não pode faltar na consulta com o ginecologista

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.