Teste de urina, sangue e pelvico: se pintar uma duvida de uma possivel gravidez, entenda as vantagens e desvantagens de cada um

Bateu aquela duvida? N?o espere muito tempo 
para realizar um teste
Getty Images
Bateu aquela duvida? N?o espere muito tempo para realizar um teste
Guarde bem esse nome: hCG (gonadotrofina coriônica humana). É esse o nome do hormônio que irá aparecer no seu teste caso você esteja grávida. É que, no início da gravidez, as quantidades desse hormônio aumentam em uma velocidade incrível – e assim fica mais fácil detectar se você espera um futuro bebê.

 A ginecologista e diretora do Centro de Endometriose São Paulo Rosa Maria Neme alerta: “O melhor momento para realizar um teste de gravidez é logo após a percepção do atraso menstrual”. Há algumas maneiras de detectar a presença do hCG no sangue. A especialista separou algumas delas pra você não entrar em pânico ao sinal de qualquer atraso.

Teste de urina
Em qualquer farmácia próxima à sua casa é possível comprar um teste de urina. Há desde versões em que você mergulha uma palheta em um potinho com sua urina até outras mais práticas, em que basta direcionar a palheta diretamente no fluxo da urina. Recomenda-se sempre realizar o teste na primeira urina da manhã, porque se o nível de hCG for muito baixo haverá mais chances de detectar um possível resultado positivo.
Vantagem: com rapidez você poderá saber se está grávida ou não.
Desvantagem: às vezes pode não dar positivo (e você já estar grávida) caso o tempo de atraso menstrual for muito pequeno. É importante seguir direitinho as instruções do fabricante do teste para não haver alteração no resultado.

Exame pélvico
A sua ginecologista poderá examinar com muito cuidado o estado do seu útero, dos ovários, da vagina e das trompas de Falópio. A partir desse exame, o médico pode detectar algum sinal de gravidez.
Vantagem: o método consegue identificar a quantidade de embriões e o batimento cardíaco do feto.
Desvantagem: só é possível a visualização dos embriões a partir de 5 semanas de gestação – e o batimento cardíaco fetal só após a 6ª semana.

Exame de sangue
Ele é o teste mais preciso. A quantidade de hCG é mais abundante no sangue do que na urina. Basta uma simples amostra do seu sangue para você tirar a dúvida aflitiva da sua cabeça. Se der positivo, não há qualquer necessidade de realizar uma segunda amostragem.
Vantagem: Rosa Maria Neme garante: “na maioria dos casos, dá para detectar gravidez até 1 semana antes do atraso menstrual”.
Desvantagem: você terá que ir ao médico ou laboratório para realizar o exame. E, como precisa colher uma amostra dele, o teste é considerado mais invasivo.

Novidades por aí
É para unir a praticidade do teste de urina e a exatidão do exame de sangue que uma nova forma de detectar a gravidez deve chegar em breve ao mercado. Com uma simples gota de sangue (basta um furinho no dedo), o produto, chamado Accurate (Lifemed e FK-Biotec), já indica a presença do hCG.

O incrível disso tudo é que você pode realizar o autoteste em casa. Basta colocar a gota de sangue em contato com o dispositivo de teste do produto e em 10 minutos você terá o resultado. Agora é só torcer para que o produto chegue logo nas farmácias.

Atenção
Não esqueça que remédios para a fertilidade podem afetar o resultado dos testes de gravidez. “O hormônio usado para estimular a liberação do óvulo faz com que haja um pico do hormônio luteinizante, o que pode dar um resultado falso positivo no teste de gravidez. Por isso, mulheres submetidas a tratamentos para fertilidade devem fazer o exame somente de 12 a 14 dias após o tratamento”, explica Rosa Maria Neme.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.