Algumas receitas da vovó, de fato, funcionam. Conheça as chamadas ciências de baixa tecnologia

A batata gelada funciona por causa da temperatura e não do alimento. Aposte na bolsa de gelo para diminuir a dor
Getty Images
A batata gelada funciona por causa da temperatura e não do alimento. Aposte na bolsa de gelo para diminuir a dor
Batata gelada para curar dor de cabeça
Funciona mesmo, diz a Sociedade Brasileira de Cefaleia. Mas a heroína não é a batata e sim a temperatura fria. Qualquer material gelado provocaria o alívio, inclusive uma bolsa de gelo (mais indicado ainda). Funciona porque diminui a inflamação.

Água com açúcar para acalmar
Milenar e eficaz. A solução acalma porque em situações estressantes, o organismo consome mais glicose. O consumo do açúcar equilibra o nutriente no corpo humano. A mesma razão faz as mulheres sentirem a mesma sensação quando comem chocolate durante a famosa Tensão Pré-Menstrual.

Clara de ovo para assaduras
Um pouco de clara de ovo é um santo remédio para assaduras e pode ser usado em bebês e adultos. O produto não apenas alivia o local machucado, como acelera o processo de recuperação da pele. A receita é tão eficaz que os médicos do Hospital A.C Camargo orientam que os pacientes com câncer de intestino – por causa da doença eles sofrem muito com assaduras – a usar o recurso, que é barato e eficiente.

Panela de ferro para anemia
A criança é fraquinha e a avó logo orienta: precisa cozinhar em panela de ferro para melhorar a saúde. Ponto para o conhecimento popular. A orientação faz parte das recomendações de pediatras e ginecologista. O alimento preparado em panelas de ferro absorve mais o nutriente, justamente o que falta em casos de anemia. A prova disso é que as panelas muito usadas ficam com a parte interna “gasta” com o passar do tempo.

Colo de mãe realmente funciona para diminuir a sensação de dor em crianças, mostrou pesquisa da Unifesp
Getty Images
Colo de mãe realmente funciona para diminuir a sensação de dor em crianças, mostrou pesquisa da Unifesp
Colo de mãe para aliviar a dor
O instinto materno de segurar o filho no colo depois que ele se machuca foi comprovado cientificamente. Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) atestou o poder do “colo da mãe” para prevenir dor.

O trabalho foi feito com 640 recém-nascidos, pouco antes de tomarem a vacina contra a hepatite B. Uma parte deles recebeu a injeção direto. A outra, antes da picadinha dolorosa, ficou no colo da mãe, pele com pele, por dois minutos. Por meio da intensidade do choro, feições faciais e frequências cardíacas foi possível detectar que as crianças abraçadas expressaram menos dor. Quando o “colo” foi combinado com a água com açúcar a redução foi 25% das manifestações doloridas. A hipótese é que o efeito analgésico é resultante das substâncias formadas por meio do contato e do cheiro entre mãe e filho, que amenizam a resposta do sistema nervoso à dor.

Alho é bom para o colesterol
Quem certifica a receita é a própria Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O chá de alho atua como um expectorante e um antiséptico natual, o que facilita o controle do colesterol. Basta uma colher de café do bulbo e mais 30 ml de água. Receita fácil e barata, para utilizar duas vezes ao dia antes das refeições. A dica só não vale para crianças com menos de 3 anos, pessoas com gastrite e pressão baixa.

Chá de gengibre é uma boa receita para aliviar enjôos na gravidez
Getty Images
Chá de gengibre é uma boa receita para aliviar enjôos na gravidez
Ameixa preta para prisão de ventre
Sim, a fruta é um laxante natural que pode ser encontrado em qualquer feira ou supermercado. Muitas pessoas não sabem, mas não é só a fruta seca que auxilia no trato intestinal. A fruta in natura também é poderosa, tanto que precisa ser consumida com moderação já que o excesso pode ser prejudicial aos rins. Além de ser boa para prisão de ventre, os médicos recomendam ameixa seca para quem tem hemorróidas.

Gengibre para enjôo de gravidez
Para os quatro primeiros meses de gravidez existe uma receita caseira que é comprovada e recomendada pelas autoridades sanitárias do País: o gengibre é um importante agente contra os enjôos. Faça um chá e tome duas xícaras ao dia. O alimento ameniza os efeitos provocados pela produção de hormônios, que é mais intensa entre o segundo e terceiro mês. Só não vale abusar porque muito gengibre não é bom para quem tem cálculos biliares, problemas de circulação e hipertensão – outra doença perigosa, mas comum em grávidas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.