Aumento anormal da pressão sanguínea pode estar ligada ao funcionamento alterado da glândula

Pesquisas norte-americanas e norueguesas
procuram a relação entre pré-eclâmpsia e o
funcionamento da tireóide
Getty Images
Pesquisas norte-americanas e norueguesas procuram a relação entre pré-eclâmpsia e o funcionamento da tireóide
Estudos conduzidos por pesquisadores dos Estados Unidos e da Noruega indicam a existência de uma forte relação entre a pré-eclâmpsia e o desenvolvimento de problemas na tireóide ao longo da vida.

A pré-eclâmpsia é uma grave condição caracterizada pelo aumento anormal da pressão sanguínea. Se não for tratada, pode colocar em risco a vida da mãe e do bebê, gerando convulsões e afetando as funções do coração e dos rins. A tireóide é uma glândula que controla a regulação de diversos processos do organismo como pressão sanguínea, ritmo cardíaco e temperatura corporal.

A pesquisa que evidencia essa relação foi publicada na última edição do British Medical Journal e avaliou dois estudos feitos por médicos norte-americanos e noruegueses. O primeiro testou as funções da glândula tireóide em 280 mulheres grávidas, das quais metade sofreu de pré-eclâmpsia, e concluiu que os níveis de um hormônio liberado quando a tireóide está pouco ativa eram duas vezes maiores naquelas que tiveram o problema durante a gestação.

Já o estudo norueguês levantou os registros médicos de 7.000 mulheres que tiveram seus bebês no final da década de 60 e cruzou estes dados com os testes de função da tireóide nestas mesmas mulheres feitos na década de 90. Comparando os registros, o grupo observou que as mães que haviam tido pré-eclâmpsia durante a gestação tinham quase duas vezes mais chance de apresentar redução das funções da tireóide em seus exames do que aquelas que não tiveram o problema.

Os médicos querem agora elucidar as causas desta relação. Enquanto as respostas não chegam, os pesquisadores sugerem a realização periódica de testes para avaliar o funcionamento da tireóide em mulheres que tiveram pré-eclâmpsia durante a gravidez.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.