Objetivo da campanha é incentivar o público feminino a abandonar o vício

Reduzir o número expressivo de mulheres fumantes. Esse é o objetivo principal do Dia Mundial sem tabaco deste ano, que acontece nesta segunda-feira, 31.

Cigarro: elas têm mais dificuldade para abandonar o vício
Getty Images
Cigarro: elas têm mais dificuldade para abandonar o vício
De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), elas representam cerca de 20% dos fumantes no mundo. Nas mulheres, os efeitos do tabaco são alarmantes, podem comprometer as taxas de infertilidade, gerar problemas no parto, nos ossos e até menopausa precoce.

A OMS considera o tabagismo como a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Por ano, são cerca de 4,9 milhões de óbitos em função do consumo de tabaco. A instituição mantém esforços para reduzir o número de fumantes em nível mundial. Os prejuízos do cigarro à saúde da mulher são um tema constante nas reportagens produzidas pela equipe do Delas .

Infelizmente, as mulheres jovens são o grupo de consumidores de tabaco que mais cresceu nos últimos anos . Para um ser normalmente tão vaidoso, as consequências do cigarro são nefastas: envelhecimento cutâneo, doenças, dentes amarelos. Mas, o tabaco não age apenas na estética. O vicio afeta diretamente o orçamento financeiro das famílias . E o pior: as mulheres têm mais dificuldade para largar o fumo.

O Delas se preocupa com a sua saúde e acha importante, nesta data, reforçar a importância de abandonar esse hábito tão prejudicial ao organismo.

Confira as 10 razões para largar o cigarro agora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.