Estudos mostram que isso pode ser um efeito colateral comum em quem faz um tipo de cirurgia da obesidade

Fadiga e fraqueza são sintomas familiares da anemia, que afeta milhões em todo o mundo.

No entanto, nos últimos anos um desejo por gelo tem surgido na literatura médica como um sinal intrigante e cada vez mais documentado de anemia, especialmente sua forma mais comum, a anemia de deficiência de ferro.

Os cientistas não compreendem inteiramente essa relação, mas alguns suspeitam que um consumo compulsivo de gelo – chamado de pagofagia – alivia a inflamação na boca causada pela deficiência de ferro.

Gelo: consumo compulsivo alivia a inflamação na boca causada pela deficiência de ferro
Getty Images/Photodisc
Gelo: consumo compulsivo alivia a inflamação na boca causada pela deficiência de ferro
Em casos extremos, as pessoas com anemia não diagnosticada e pagofagia consomem várias bandejas ou sacos de gelo num único dia; o problema geralmente desaparece após um tratamento com suplementos de ferro (outro tipo conhecido de anemia, a falciforme, não pode ser tratado com esses suplementos).

Estudos da Northwestern mostraram que desejos por consumir gelo são um efeito colateral comum de um tipo popular de cirurgia de redução de peso. O procedimento, conhecido como "by-pass” gástrico em Y de Roux, envolve contornar a parte do intestino onde o ferro e outros minerais são mais facilmente absorvidos; cerca de um terço dos pacientes desenvolvem uma deficiência de ferro ou vitamina B12. Um caso foi descrito no Mayo Clinic Proceedings, em 2008, envolvendo uma mulher de 33 anos que tinha passado por esse tipo de cirurgia.

“O marido da paciente a viu várias vezes no meio da noite com a cabeça no freezer comendo o gelo”, dizia o relatório. “Esse desejo foi contornado depois de uma transfusão e administração de ferro”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.